Manias

terça-feira, junho 22, 2010

Apesar de estarmos em pleno século XXI, encontro muitas vezes pessoas que vivem ainda em pleno século passado ou mesmo no século XIX.
Isto tudo para falar da depressão ou da toma de medicamentos que esteja ou não relacionada com a a doença.

Desde Fevereiro deste ano que me encontro medicada com um anti-depressivo (para o mu sistema nervoso como o meu psiquiatra disse), e tenho que o tomar de forma religiosa por tempo indeterminado.
Optei por esconder da minha mãe e de parte da família a situação, não pelo facto de estar a ser medicada, mas sim para não incomodar com uma coisa que só eu sabia. Isto não invalidou que o meu pai e restante família não fossem os primeiros a saber, mas para os lados da minhã mãe optei por deixar a coisa em segredo algum tempo, não por estigmas mas por motivos que agora não consigo explicar mas que se relacionam com a situação com que lido diariamente.Nesta altura a minha mãe já deve ter captado alguma coisa, porque esqueci-me de mandar fora a última bula que o psiquiatra me deu, mas já consegui contornar a coisa.

Custou ter que adimtir a mim mesma que precisava de ir a um especialista, antes que a coisa desse ainda mais para o torto, mas a partir do momento em que admiti para mim mesma e fui ao médico e ouvi um "Parabéns!!!Já não vinha cá há 6 anos!!", pensei pura e simplesmente: "Inês por muito que te custe vais ter que tomar um anti-depressivo por tempo indeterminado, e contra factos não há argumentos...."
Confesso que no inicio custou-me a habituar-me à ideia de um comprimido por dia por tempo indeterminado, e confessei isso ao psiquiatra que me deu um exemplo bastante prático e eficaz:
"Imagine que era diabética e que entrava em depressão.Isso é que era grave.Para além do anti-depressivo tinha ainda que tomar insulina todos os dias!!!" E assim lá me fui habituando à minha nova máxima " sem um comprimido por dia nem sei o mal que fazia!!!"

E neste dizer que fui ao médico e que estou a tomar um medicamento, fui encontrar muita gente que olhou para mim com cara de que eu sou doida porque essas coisas não se dizem a ninguém, porque a depressão é coisa de malucos....(tá bem tá bem, ia mesmo de propósito a outra farmácia para comprar medicamentos).
E no meio desses que acharam que eu era doidinha , apareceram uns quantos que disseram algo do género:
"Também já tomei isso e fez-me bem ou fez-me mal."(Cada caso é um caso)
"Foste a que médico??E ele é bom??É que dizem muito bem/mal dele e já pensei em lá ir."(´Não mordem)
"Ai eu não ando a dormir nada, ando assim, assado, cozido, frito, grelhado, mas isto passa..."(depois vê como elas mordem...)
"Tão nova e já metida nisso???Não tomes nada!!!" (É já a seguir, quando precisar venha falar comigo ...)
" E já te fizeram efeito???A mim não me fizeram nada e deixei de tomar!!!"(O efeito vem aos poucos....deixou de tomar???Depois queixe-se....)
"Oh coitadinha..."(Coitada o quê????Pelo menos não escondo...certo???)
"Isso é coisa de quem não tem mais nada que fazer....vão trabalhar, façam desporto, ocupem a cabeça!!!"(Manda-se a cabeça velha embora e substitui-se por uma nova de preferência trabalhadora e desportista).

Posto isto, e estando em pleno século XXI não entendo a mentalidade de muitas pessoas no que respeita à depressão. Eu tanto ouvi que sou mais uma entre muitos e tenho que me aguentar à bronca, como ouvi que o melhor que fiz foi admitir que estava com um problema, como ouvi que não tenho idade para essas coisas!!!
Ora muito bem, estas coisas não escolhem nem idade, nem estatuto social, nem ritmo de vida nem nada!!!
Existem pessoas que podem ser propensas a essas coisas como pessoas que não são tanto mas nunca se sabe o que pode acontecer.
E vamos lá ver uma coisa: uma pessoa que tome um anti-depressivo e mais que seja necessário não é tontinha da cabeça, e a terapia por choques eléctricos para problemas depressivos já não é deste tempo, e infelizmente a depressão é um mal comum, que afecta meio mundo, e que se não for tratada devidamente pode ser um cabo dos trabalhos!!!
Portanto, vamo-nos deixar de manias e começar a viver neste século.....porque depressivo não é louco e quem o é, é porque infelizmente lhe calhou na sina!!!
Agora olhem para o vosso vizinho do lado....é que ele pode ter um problema mas achar que isto da depressão é para os fracos e para aqueles que não querem faze nada....

You Might Also Like

2 comentários

Popular Posts

Subscribe