domingo, agosto 29, 2010

Venham cá

Venham cá os ministros dizer que o desemprego baixou que eu conto-lhes uma história!!!!!
Acabaram agora mesmo de me entregar um Curriculum,e perguntaram-se se estávamos a precisar de empregados..... e eu foda-se tive que dizer que não,que em Outubro provavelmente vamos ter redução de pessoal (sei lá se não somos todos reduzidos,mas penso que não.....)
Aqueles FDP deviam passar uns tempos como muitos que começam a ver a término do contrato a chegar e não sabem para que lado se há-de virar, ou passarem uns tempos a entregarem Curriculums!!!!!!

Mas não!!!!!!!!Está tudo bem,tudo muito optimista.....então o desemprego até baixou nos 2º e 3º trimestres,vamos ter um défice menor do que esperado,os ordenados são adequados às nossas necessidades e qual é o problema de o IVA subir um bocadito?????Nenhum senhores nenhum!!!!!

8 comentários

  1. Estou desempregada... envio curriculos às dezenas e nada.

    ResponderEliminar
  2. Acredita que sei como te sentes!!!!
    No ano passado estive em casa desde outubro até ao fim de Abril, e nada nada nada.
    Este ano o meu contrato acaba em outubro e à partida continua porque a Albergaria já tem contratos com reservas on-line e já andamos à procura de ideias para a pasagem de ano....mas sei lá se não lhes dão a travadinha!!

    ResponderEliminar
  3. São todos uma "ganda cambada" de.......... (completem a vosso bel-prazer)

    ResponderEliminar
  4. Maria, sinceramente, acho que o desemprego nem tem como maior culpado o Sócras, até porque apesar de tudo, confesso que sou admirador das ideias dele, não de algumas medidas e formas de atingir objectivos, mas em relação ao desemprego acho que a principal culpa é mesmo dos empresários por 2 motivos:~
    GANÂNCIA PURA, que tendo como parceiro a Crise (coisa que ainda estou para perceber, porque acho que neste país só vivemos bem antes do 25 de abril que o Toninho Salazar garantia que eramos dos povos com mais ouro, e porque sempre que vemos notícias estamos no pior desde 74) não contratam, nem renovam nem nada, e até se conseguirem que um faça o trabalho de 3 ou 4 pessoas ainda melhor. Porque conheço várias fábricas que têm encomenda até mais não, trabalho até mais não e por pessoal é que não porque os PRETO trabalham até cair para o lado com medo de serem despedidos, ou como o "barraco" onde trabalho que tem pessoal a menos e, uma particulariedade gira, na recepção é só licenciados em turismo, na direcção é só 4ª classe mal tirada e armada em gente fina.
    FALTA DE CÉREBRO E PREPARAÇÃO, porque há uns anos atrás tudo o que fosse negócio dava dinheiro, fosse cafés, restaurantes, fábricas, etc.... e o pessoal era só desviar, e comprar carros de empresa, modernizar e formar empregados é que não, depois a juntar o guito que via da União Europeia era ouro sobre azul, não mexer o rabo e passar o dia a ganhar sem produzir (agricultores então era um espanto com os subsídios para estar quieto) por fim era as lavagens de dinheiro e uma coisa engraçada que era os patrocínios que se dava a colectividades e clubes de futebol, que antes era assim, empresa dá 5 mil "contitos" e o clube, como não tinha de apresentar IRC passava factura de 50 mil, depois quando fosse o IRC da empresa ela ainda recebia 7 ou 8 mil pelos 5 mil que tinha oferecido.
    Estes dois são pequenos exemplos da labreguice espontânea que temos por cá, queremos ser ratos, e com isso vem a espertice, mas também os valores de sarjeta.

    ResponderEliminar
  5. LOL concordo contigo.São mesmo uma cambada de FDP.Dizem para sermos optimistas mas como querem isso se não vemos sinais para o sermos!Venham passar uns dias como nós comuns mortais!

    ResponderEliminar
  6. Oh Ricardo,eu nestas últimas eleições por acaso não votei porque estava no alentejo.E mesmo que tivesse votado não ia dar o meu voto ao Sócrates!Estava tudo a dizer que estávamos em crise e ele a dizer que não!Eu partilho o que o Paulo Portas disse ontem:não podemos ter um primeiro ministro pessimista,mas um sindism ministro ilusionista também não!E pergunto-me muitas vezes se o Sócrates e respectivo governo vivem no mesmo país que nós.

    ResponderEliminar
  7. é óbvio que não vivem no mesmo país que eu e tu, e sabes porquê?, é que para ser político é preciso andar noutros meios, eu quando andava pleo governo-civil e quando conheci algumas "personalidades" da política bem vi o que eram, são pessoas que não sabem o que é o mundo, e que por força da democracia moderna, que mais não é do que um jogo de popularidade/alianças vivem sempre a cercar os ricos e famosos que lhes dão uns ossitos e não compreender, por falta de vontade e , principalmente, falta de habilidade o que é preciso ser feito e como deve ser feito. pelo que lidei, um político é regra geral um ser um pouco burro, mas esperto no que toca a lidar com pessoas e suas espectativas, e que normalmente não têm competências em área nenhuma ou são desajustadas da realidade.
    dou-te um exemplo, quando conheci o Pres. de turismo do ribatejo pensei que sabia algo do que dizia, mas vi que tinha tido como professor de turismo apenas o Reis Ferreira, e que não sabia nada daquilo, só sabia dizer blá blá blá... PENT.... Blá Blá Blá formação (para captar €€ da UE) e mais nada, na ideia dele o que o ribatejo precisa é de gente para trabalhar em turismo, quando lhe perguntei se GTC, cursos de hotelaria e restauração em tomar, santarem e fátima não era suficiente ficou sem grande resposta. Eles são seres com cérebros diminutos, e não digo isto para os insultar e queixar-me, a culpa é de quem acha que isto muda é com eleições e partidos, partido está isto tudo.
    São coisas assim que me levam a explicar a quem me rodeia que tenho ideais que normalmente ninguém percebe, como não ser ateu, e parcialmente agnóstico (que poucos sabem o que VERDADEIRAMENTE é) e que não acredito em democracia, prefiro um esquema parecido com as Cortes monárquicas em que seria definido um conjunto de pessoas com provas dadas e ambição e um "chefe de equipa" que teria de ser definido de um modo qualquer, nem que fosse perguntar ao belmiro de azevedo a quem entregava isto, ou então entregar o governo a uma empresa de consultadoria de gente estrangeira que antes de iniciar funções ia tentar perceber que raio de país é este.

    ResponderEliminar
  8. Ricardo. tá dito tá dito.
    Mas tem que haver gente boa no meio desses abutres!!

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall