sábado, dezembro 11, 2010

O auge

Isto de estar home alone tem muita coisa boa como o meu espairecimento (não vou prevaricar),mas tem uma coisa muito má...há bocado quando ia tomar banho ia-me estatelando no chão...foi o auge do meu dia,ver-me sozinha e esparramada no chão com o rabo negro do bate cu que podia ter dado (pobre rabiosque)...

Já disse Fernando Pessoa:
"O que há em mié sobretudo cansaço
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço."



"The mistery of love is greater than the mistery of death" (Oscar Wilde) Gostei disto...


7 comentários

  1. Tu aguenta-te de pé! Não partas o ossinho do cóccix (não sei se é assim que se escreve mas gosto da palavra) que deve doer cumó raio que o parta!
    Ah! E não estás sózinha!! Há uns gajos e gajas virtuais que estão aí! Não ouves a barulheira?? :)))))
    Beijocas repenicadas de boa-noite!

    ResponderEliminar
  2. Como disse a Malena, deve doer que se farta. Só tenho pena não haver uma câmara para eu ver a cena, no caso de teres ficado esparramada no chão! Pois é, isso de estar sozinho em casa tem as suas desvantagens.

    ResponderEliminar
  3. Oh Malena: se eu me esbardalhar no chão e te chamar tu ouves-me?
    Ai o meu rico rabiosque...

    ResponderEliminar
  4. Teófilo: queres ver as desgraças dos outros?

    ResponderEliminar
  5. Não. Queria era ver, aquilo que poderia vir a ver, com a tal desgraça dos "outros".
    lol

    ResponderEliminar
  6. Loirita: não tenhas dúvidas.Se eu me esbardalhasse estava bem tramada porque na altura nem os meus vizinhos sabiam que eu estava sozinha.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall