terça-feira, janeiro 11, 2011

Gatos

Fiquei sem o meu Zé que me aquecia os pés.Em três dias deixou de comer,beber e nem com seringa engolia bem os líquidos.Esta noite ficou a dormir ao pé da minha mãe para eu não acordar e ver o meu Zé a dormir em definitivo.
Agora fica ao meu encargo o Salafrário (só arranjo nomes bonitos)e a gata pequenita que vou chamar de fraldisqueira ou de flausina (ainda estou indecisa).Já sei que a minha mãe me vai querer proibir de tratá-los como tratei o Zé,porque chorei que me fartei, e o Zé era ainda algo que me ligava à minha avó.
Mas estes dois são tão meiguinhos também que já sei que não vou resistir.
O Salafrário é um vivaço, quer mimo e brincadeira ao mesmo tempo,a flausina como gata é mais arisca,menos fácil de agarrar,mas vou tratar de ambos....e os dois já se andavam a afiambrar aos meus aposentos há muito tempo.
Quando chegar a casa mostro os meus protegidos novos.

9 comentários

  1. Nos animais, nada melhor do que arranjar um, apesar de nunca subsituirem o vazio cá dentro.

    Como te entendo...

    A minha esta noite ficou na sala sozinha por engano, de manhã estava num pranto. Só isso já me partiu o coraçãozinho de dona, quanto mais!

    ResponderEliminar
  2. Lamento Inês... Custa tanto, como eu sei disso...

    ResponderEliminar
  3. Não imaginas como eu sofro pelo meus...

    ResponderEliminar
  4. Meninas:hoje nem me importo de ir para casa mais tarde,mas vou tratar do sucessor.

    ResponderEliminar
  5. Inês, falando do "meu" Zé, que é um lorde inglês, no dia em que for para o jardim dos pés juntos, vou chorar mais do que de muitos familiares e conhecidos que tenho. Só quem tem animais, e percebe a relação entre o animal e seu "dono" (Às vezes o gato é o dono e o humano um "subjugado" animal que trata dele) é que sabe o que é perder alguém que se estima MESMO.
    Ainda hoje sei do dia em que o Zé saiu de casa e depois andei eu e a moça à procura dele pela cidade, se o "malvado" que ficou escondido na garagem à espera que o encontrássemos não tivesse aparecido, ainda hoje andava aí à procura dele.

    Olha queres nomes para animais? Eu tenho alguns que bem tento impingir, mas ainda ninguém aceitou. Dá-lhe o nome de "cão", quando te perguntarem que bicho tens é giro dizeres que tens um Cão gato, ou Cão siamês. E sempre tentei que alguém tivesse um cão Jesus, quando alguém te atacar berras AI JESUS ACODE-ME, e ele acode mesmo!

    ResponderEliminar
  6. Oh Ricardo,mas o sacana do sucessor é um gato super acelerado das ideias,tanto quer mimo,como anda a correr feito uma barata tonta!!!
    E já não sei bem se o quero a aquecer-me os pés,depois habituo-me outra vez e é um problema.
    Mas ele já sabe que o nome dele é salafrário.Eu chamo-o e ele vem.

    ResponderEliminar
  7. lol.... salafrário parece-me bem, é comprido, mas se ele já "reconhece" melhor! :)
    não te esqueças é que um gato é o "chefe" em qualquer lar.

    se estiveres "online" aparece no FB.

    ResponderEliminar
  8. Agora não faço a mais pequena ideia onde o gato anda...e que fez o acto de trespasse do guizo e o gajo ficou mais acelerado do que já era.

    ResponderEliminar
  9. epá, os gatos são assim, especialmente em miúdos, depois, acalmam. OU NÃO.
    O meu Zé, que é um comilão de primeira, quando eu vou de fim de semana quase não come, para não sair de pé de mim. lol

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall