Exorcismo do Saramago

quinta-feira, março 10, 2011

O meu explicando tem um Saramago dentro dele, e eu estou a tentar exorcizá-lo.
Não, o meu explicando não escreve como o Saramago, pontua como o Saramago!!!
Vírgulas é uma coisa praticamente inexistente nas frases, e os pontos lá aparecem de tempos a tempos.
Há duas semana, obriguei-o a ler uma frase que tinha feito.
Joãozinho, já me viste bem esta frase???
Então, é uma frase com início, meio e fim. (Aleluia, aleluia já entendeu como fazer uma frase).
Tem sim. Olha lá...então e a pontuação João????
Está aqui. Não a estás a ver? (uma frase com cinco linhas...)
Estou a ver estou. E agora vais ler a bela da frase conforme a escreveste.
Lê a frase e fica sem fôlego.
Pois...faltam aqui umas vírgulas e se calhar um ponto final dava jeito.
Joãozinho pois dava...mas onde é que eles estão???


Do mal ou menos, trouxe uma positiva (fraquita) para casa....
Hoje vou fazer um ataque aos verbos, pelo menos são essas as intenções, e um ditado, e deixar composições  para este pseudo-saramago escrever.

You Might Also Like

6 comentários