quarta-feira, março 16, 2011

Hora do Vitinho (68)

Quando vejo o Rui Reininho na tv, fico sempre na dúvida se ele está bêbedo, drogado, as duas coisas ou nenhuma delas.
Mas adiante, o que interessa é esta música que não me sai da cabeça desde ontem, e que ela não podia ser cantada e tocada por outros que não os GNR, nem o poema feito por outro que não o Rui Reininho.


"Eu quero casar contigo amanhã

Abre os olhos vem comigo, diz: Parar

Vamos gastar muita saliva
Mergulhar e ver-te flutuar
Eu quero ver-te a afundar
Para depois te salvar
Eu quero lutar contigo devagar
Da-me os braços vem comigo expirar

Vamos selar com a nossa saliva
Pensar que fosses tu também amiga
E vou usar a tua saliva
Poupa-la da ma lingua da intriga

Eu quero ver-te a afundar
e vou tentar-te salvar
Vamos gastar muita saliva
Lamber as feridas e limpar o mundo
Quero levar-te a vida
Mergulhar e ver-te ir ao fundo
Vamos gastar muita saliva
Orgulhar-me de ser teu fiel defunto
Quero usar saliva
Selar a carta e mudar de assunto
Ficar a ver-te fumar para depois te apagar"

2 comentários

  1. Risos... gostei particularmente do teu pensamento. :P

    Kiss

    ResponderEliminar
  2. Essência: mas é verdade. Cada vez que o Reininho aparece num programa de tv, deixa-me sempre com esta dúvida praticamente existencial.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall