sábado, abril 30, 2011

Only you

Muitas das citações que uso por acaso foram escritas por Fernando Pessoa. Não sei se as escreveu num momento de lucidez ou de loucura, se foram escritas por Pessoa, ou pelos heterónimos, mas vejo muito de mim nelas. Umas das citações preferidas é esta:

O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que  acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."

Eu gosto de bons momentos. Até me atrevo a dizer que gosto dos bons pequenos momentos principalmente quando são doseados da intensidade e da adrenalina, que faz sempre falta a todos nós para vivermos, sentirmos que estamos vivos e agarramos a vida.

Há pouco ao lembrar-me da citação, passou-me pela cabeça quase de forma automática esta música, que para mim encaixa perfeitamente com a citação.



6 comentários

  1. Olá Inês, parabéns pelo Blog!

    Encontrei aqui uma das minhas citações preferidas de Fernando Pessoa, espero que não te importes, mas vou "roubar"!!!

    É engraçado como nada é deixado ao acaso, ainda esta semana divaguei sobre ela!

    ;)

    ResponderEliminar
  2. Sunshine: bem-vinda ao meu estabelecimento blogosférico.
    Estás à vontade para levares o Tio Pessoa contigo.
    Estes acasos são sempre engraçados.
    Usa e abusa do cantinho,estás à vontade. Bjs

    ResponderEliminar
  3. Fernando Pessoa nunca escreveu de adulto de forma sóbria ou lúcida..apenas de criança ( desde os 8 anos ) e quando viveu em África do Sul.. e escrevia em inglês com outros heterónimos ( só teve 272 - a gente é que só lhe conhece 4 que foi nos que escreveu em português...escreveu sempre em Portugal sob efeito de absinto, aguardente e ópio... tal como cada heterónimo foi criado sob esses efeitos...Do que estudei/ e lecionei foi sempre o qie me foi dito.. haverá exceções mas ainda hoje o legado do poeta está incompleto..

    ResponderEliminar
  4. O " livro do desassossego" escreveu-o em versão ortónima só que topografia não o aceitou e ele à pressa inventou o Bernardo Soares...já o livro estava impresso faltava a capa!

    ResponderEliminar
  5. *que no post de cima!

    ResponderEliminar
  6. Marge: já diz o provérbio que de sãos e de loucos todos nós temos um pouco.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall