segunda-feira, abril 04, 2011

Palavras para quê???


“As mulheres são todas diferentes. Os homens são todos iguais. Em termos de informação, os amigos são uma perda de tempo tão grande como as mulheres. Os amigos nada acrescentam ao que se sabe. Cada mulher faz questão de alterar o trabalho da anterior. O nosso maior amigo não nos adianta nada. Mantém-nos exactamente no mesmo preconceito. Mudar de mulher é mudar de paradigma.
Os maiores amigos servem para nos lembramos daquilo que já sabemos. As mulheres servem para nos fazer esquecer tudo o que sabíamos. Está mais que provado. Os homens são todos iguais. Copiaram-se em conjunto. As mulheres são todas diferentes. Destacaram-se uma de cada vez.
As mulheres são todas diferentes. Quando se perde um homem, há outro igual ao virar da esquina. Quando se perde uma mulher, é uma vida. Os amigos arranjam-se e as mulheres também, mas as mulheres ninguém sabe como é. As mulheres sabem, os homens pensam. As mulheres pensam que sabem. Os homens sabem que não sabem. Mas são as mulheres que acabam por ter razão.
Cada mulher deste mundo é um universo à parte. Ou, se calhar, é só porque as mulheres não pensam nos homens, como os homens pensam nas mulheres.”

Miguel Esteves Cardoso

7 comentários

  1. Esta muito bom este texto...
    Como diria o outro... "Tenho dito"....
    Beijinho ;)

    ResponderEliminar
  2. Não posso concordar com o texto, mas só porque tenho a mania e não gosto muito de generalizar.

    ResponderEliminar
  3. “Voa Maria voa”

    Vento que sopra nas asas
    Colocou a Maria a voar
    Vendaval não pode parar
    Em Bruges há-de aterrar

    Estava muito produzida
    Segura com Júlia a falar
    E tudo ela soube explicar
    Nosso apoio é pr’a ficar

    Vejam o vídeo na rede
    Se não querem acreditar
    Neste exemplo sem par

    Voa nas asas do vento voa
    E não se cansem de ajudar
    Sonho assim não pode parar.


    http://takeustobruges.blogs.sapo.pt/

    http://sic.sapo.pt/proj_queridajulia/Scripts/videoPlayer.aspx?videoId={B0C9642E-CECC-4E34-9EBA-3647D34DABA4}

    ResponderEliminar
  4. Mary: tá dito, tá dito. :)

    ResponderEliminar
  5. Não concordo com o texto...é inédito porque gosto muito do Miguel... Uma análise falaciosa! Acho que somos todos diferentes e únicos..não há homens iguais nem mulheres iguais..

    ResponderEliminar
  6. Marge: é verdade que não somos iguais.
    Mas a parte que eu mais gostei do texto foi a última parte.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall