Pessoas

quinta-feira, abril 21, 2011

"Hoje em dia as pessoas apaixonam-se por uma questão prática. Porque dá jeito. Porque são colegas e estão mesmo ali ao lado. Porque se dão bem e não se chateiam muito. Porque faz sentido. Porque é mais barato. Por causa da casa. Por causa da cama. Por causa das cuecas e das calças e das contas da lavandaria."

Miguel Esteves Cardoso "Último Volume"

Eu costumo dizer que sou muita prática, mas quando li esta citação passei a pensar que nestas coisas não sou mesmo nada prática.
Se o MEC está a satirizar a paixão e o amor?? É provável que sim.
Mas também é provável que as pessoas se apaixonem e juntem as escovas de dentes porque dá jeito. 
Parece-me que o amor e a paixão estão a funcionar como uma moeda de troca para ter o outro lado da cama quente, partilhar uma refeição, dividir as contas de casa, e sim mostrar à sociedade a outra pessoa por quem se está apaixonada, como se o outro fosse um troféu há muito desejado, como a taça de Portugal. "Achavam que eu ia ficar sozinho????Eis o troféu!!!!" 

Então aonde é que ficam as histórias de amor e de paixão completamente arrebatadoras???
É assim que a coisa funciona??
Como uma moeda de troca??
É o interesse e o mostrar o detentor da outra escova de dentes que são os valores máximos para quem se apaixona??

Se assim que funciona, não vou ser prática e vou ser uma desapaixonada.



You Might Also Like

7 comentários