terça-feira, maio 10, 2011

Hora do Vitinho (86)

Por acaso não estava "virada" para fazer o post do Vitinho/ da hora de descanso/ da procriação ou do treinamento dela.
Mas encontrei este poema de Carlos Drummond de Andrade, e estive a ouvir esta música do Eric Clapton que para mim canta o amor de uma maneira simples e bonita, sem grandes artifícios por trás. Para mim a música é tão maravilhosa por ser tão simples que me deixa arrebatada todas as vezes que a oiço.
E como o poema passou-se o mesmo: fiquei arrebatada quando o li.


As coisas simples são belas, pena é que se pense que só o "complicado", é que tem beleza por ser precisamente  assim. É certo que dá luta, a simplicidade e a beleza das coisas simples são qualquer coisa.


"Ainda que mal pergunte,
ainda que mal respondas;
ainda que mal te entenda,
ainda que mal repitas;
ainda que mal insista,
ainda que mal desculpes;
ainda que mal me exprima,
ainda que mal me julgues;
ainda que mal me mostre,
ainda que mal me vejas;
ainda que mal te encare,
ainda que mal te furtes;
ainda que mal te siga,
ainda que mal te voltes;
ainda que mal te ame,
ainda que mal o saibas;
ainda que mal te agarre,
ainda que mal te mates;
ainda assim te pergunto
e me queimando em teu seio,
me salvo e me dano: amor."
 

Carlos Drummond de Andrade

11 comentários

  1. Ahhh! O Amor! A sua essência é de facto simples. Simples e puro! :)

    ResponderEliminar
  2. Para mim, Eric Clapton é... ontem, hoje, sempre!

    Quanto ao poema... sabes que também gosto dos poemas do Carlos Drumond de Andrade, pois já tenho publicado alguns.

    Beijocas minha linda, os teus "Vitinhos" continuam a ser o meu ponto de paragem OBRIGATÒRIA! :)

    ResponderEliminar
  3. O amor é o principal motor das nossas vidas.. quer pessoais, sociais, profissionais... sem colocar mos o amor no que fazemos e dizemos nada a fazer...vivido a cada instante, respirado em cada momento e dirigido a todos que gostam de nós.... Sem amor a vida não faz sentido! Sempre o digo... basta uma pitada para tudo se transformar... e há tantas formas de o sentir e partilhar...

    ResponderEliminar
  4. Maravilhoso poema... Li-o ainda esta semana! Beijocas, menina Inês! :)

    ResponderEliminar
  5. Coisasdagaja: ainda bem que gostaste. :)

    ResponderEliminar
  6. Orquídea: ainda bem que fazes daqui a tua paragem obrigatória.

    ResponderEliminar
  7. Malena: é simples e bonito.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall