Os pepinos

terça-feira, maio 31, 2011

Apesar de estar solidária com as pessoas que comem pepinos e que fazem deles a sua alimentação diária

(um pepino por dia e não sabe o bem que lhe fazia), a nível pessoal eu não estou minimamente preocupada com a questão dos pepinos, porque pura e simplesmente não como pepinos. Nem Espanhóis, nem Alemães, nem Portugueses, nem de outra origem qualquer.
Não gosto de pepinos, são indigestos. Se eu como uma salada que tenha pepino, o sabor do pepino passa por exemplo para a alface e isso é o que basta para me deixar a arrotar a pepino o dia todo, mesmo sem ter dado uma trinca no dito cujo.
Eu sei que o pepino é importante para a alimentação, que há quem o coma mais grosso ou mais fino. Mas eu não como pepino.
Mas como sou solidária para com quem come pepino, estive a ver as notícias, e origem dos pepinos infectados segundo a revista Visão, não é aqui da vizinha Espanha: 
"Segundo o jornal alemão Hamburger Abendblatt, que cita a ministra da Saúde de Hamburgo, duas das três análises efetuadas aos pepinos espanhóis deram negativo. Além disso, a variante da bactéria descoberta nos vegetais espanhóis não coincide com a encontrada nas fezes dos pacientes afectados."

Mas vá...tenham cuidado com os pepinos que comem.
Vejam se a côr deles é normal, se estão mais rijos ou mais moles. Acho que essas coisas podem ser importantes. Eu acho que  não comia um pepino que não tivesse uma cor normal ou se estivesse mole.

Mas comam vegetais. Eu como vegetais e sou adepta de uma saladinha de tomate, mas sem o pepino claro.



You Might Also Like

15 comentários

Popular Posts

Subscribe