quinta-feira, julho 28, 2011

De forma geral, os homens não sabem o que é amor, é um sentimento que lhes é totalmente estranho. Conhecem o desejo, o desejo sexual em estado bruto e a competição entre machos(...)

Michel Houellebecq, in 'As Partículas Elementares

O texto é muito mais do que estas linhas, mas para mim foram as essenciais para este post. Foram as que me ficaram na cabeça. Ao ler estas linhas pensei algo como "como é????Só servimos para cama, mesa e roupa lavada???Onde é que fica o resto??"
Se a coisa é assim, a solução é muito simples: usar e deitar fora, como um lenço de papel. Marcar na agenda o dia, a data e a hora para se dar a queca, ou fazer exercício físico.Algo como "vamos ali mandar uma porque está a apetecer-me divertir-me.
É que se este senhor tem razão nestas linhas que eu transcrevi, a minha pessoa tem uma síncope. Não é que acredite em contos de fada, até os acho uma chatice, mas esta coisa de a gaja é minha, toma lá e embrulha faz-me confusão nos tempos que passam. Para isso prefiro a agenda.Não mostro nada como troféu, não sou exibida como uma taça e é quando me apetece.
 

3 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Humm... parece-me que não é assim tão linear como essas palavras querem passar nas entrelinhas.
    Como em tudo há de tudo! E até no amor não é excepção!! Eu acredito que em termos de parceiros é um pouco como as rifas. Se tivermos sorte de nos apaixonar pela pessoa X perfeito! Agora se for pela Y...
    Ou seja, a pessoa X é aquela que valoriza a mulher. O sentimento. Há um respeito incondicional pelos seus sentimentos e pela relação envolvida. É aquele que ama sem máscaras e escudos. É aquele que não tem problemas em chorar ou ir atrás do que quer. É aquele que há poucos por aí, mas há!
    O Y, bem... esse é aquele pragmático no amor! Aquele que é pão pão, queijo queijo! Não há cá lamechices e tudo em ices... naaaa... chorar? O que é isso? É para fracos e oprimidos. Amar? Isso é para gays. Em suma, são uns otários! Mas que no modo geral elas gostam! Não é à toa, que o ditado anda na berra, "quanto mais me bates mais eu gosto de ti!" ou " o desprezo é remédio santo" e ficava aqui a noite toda!...

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Concordo tanto com a Essência...isto dava pano para mangas...

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall