I just had sex

segunda-feira, julho 11, 2011

Se porventura estão a entrar neste estabelecimento hoteleiro a pensar que eu escrevi a minha última aventura sexual, podem desde já dar meia-volta e ir embora. O título do post refere-se a uma música. Sim, a uma música chamada I just had sex.

Esta bela música já está inserida nas minhas insanidades. Até já me tinha esquecido da existência desta glória musical. Isto até ao dia de ontem, em que me apareceu na página do meu facebook à noite. Escusado será dizer que me deitei com uma voz a dizer I just had sex, e a minha pessoa, nada disso, nada de nada. Escusado será também dizer que estou a ouvir a música e que me vou deitar a ouvir o raio da voz (deve ser por isso que o ouvido está a ameaçar com uma dorzita).
Basicamente o que eu quero dizer é que para esta malta o que importa é fazer-aquilo-que-a-gente-sabe e bradar céus o feito concebido para toda a gente ouvir, e escrever músicas a dizer que fez aquilo-que-a-gente-sabe a toda a gente e mais alguma, aparentemente não importando credos, raças ou ideologias. Isso é bonito, é bom que não haja discriminação entre as pessoas, mas bradar aos céus e deitar foguetes dos orgãos genitais já acho estranho, porque nunca vi semelhante coisa.



You Might Also Like

2 comentários