Summer

sábado, julho 23, 2011

Antes de mais peço desculpas por não andar a reivindicar nada, a resmungar, a divagar. Não tenho tido tempo para isso.Trabalho e descanso são essenciais, e a prova de tal é que ando a responder a comentários com dias de atraso, coisa que em mim não é normal.
Mas antes de responder aos comentários e de ter cabeça para falar da Amy Winehouse (hei-de lá ir, ou hoje ou amanhã), e como ando a escrever em "memorandos", tenho que deixar esta pequena nota.
Este post como o de ontem, saíem um bocado do contexto do blogue, e por isso mesmo ficam memorizados, e postados e publicados, porque o que ser sera sera whatever will be will be.

É possível isto estar a acontecer. Isto mesmo que está aqui com o devido link e devidamente sublinhado.
Tenho apenas a mencionar que os meus impulsos, os meus instintos, a minha cabeça, o coração estão todos em uníssono a dizer algo como: "não penses, não reajas, não meças, não racionalizes, deixa-te ir e levar. Deixa-te levar. Apenas deixa-te levar."
E eu, vou-me deixar levar, não vou medir nem prós nem contras, não vou racionalizar demais, vou deixar-me ir e deixar-me levar até onde for. Isto porque o que ser sera sera whatever will be will be.


Mas senti-me bem, senti-me muito bem.
E não me esforcei, não pensei.

E pronto, é isto. Basicamente isto.


You Might Also Like

1 comentários

Popular Posts

Subscribe