Passeios e recreios

quinta-feira, setembro 01, 2011

Não entendo o hábito estúpido que temos de ir em romaria ao hospital ver determinada pessoa.Saber que são só permitidas por exemplo três visitas, irem 8 pessoas e tentarem ludibriar a segurança do hospital. Deve ser o nosso lado domingueiro e de ir em passeio para todo o lado e mais algum. Alguma coisa como "vamos todos passear ao hospital e depois passamos ali pelo shopping e está a tarde passada." 


Assim como não entendo os passeios e romarias, não entendo as pessoas que não percebem ou fingem não perceber os papéis com imagens e letras grandes que alertam para não levarem crianças para estes locais. Não só porque podem ficar doentes, mas também por um hospital, ser mesmo um hospital onde se vê muita coisa má, e não um parque infantil onde as crianças podem brincar.
Provavelmente os adultos tomam estes passeios como uma ida ao recreio, ao parque e levam as crianças com eles. Depois é ver a gaiatada grande no seu "recreio" e a gaiatada pequena num "recreio" que não pode ser o dela, e não é de forma alguma o dela. Mas o gaiato grande não dá importância e leva com ele o mais pequeno para uma psiquiatria por exemplo. Provavelmente o "melhor" local de um hospital para uma criança entrar.É que não faz confusão nenhuma à criança ver um familiar drogado, e outros doentes em "estado de sítio."

You Might Also Like

3 comentários

Popular Posts

Subscribe