quinta-feira, outubro 06, 2011

Amália

Faz hoje 12 anos que Amália Rodrigues faleceu. Não me vou pôr a divagar e a dissertar sobre a mulher que foi, o legado que deixou, porque concerteza que existem e existirão pessoas que o farão hoje muito melhor do que eu.
De Amália, que faleceu faz hoje 12 anos, e que toda a gente conhece e canta por pouco que seja, deixo da minha parte estes dois fados. "Uma casa Portuguesa", e o "Barco Negro".
Existem mais, muitos muitos mais, que tão bem nos cantam, cantam e choram a saudade, a alegria, a tristeza, o amor, o destino, mas eu destaco estes.
O primeiro porque nos canta.
O segundo porque é um poema belíssimo,






8 comentários

  1. Pena só haver reconhecimento e homenagens quando os artistas morrem :/

    ResponderEliminar
  2. Mais que uma fadista... um símbolo nacional!

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  3. Daquelas vozes que nunca se esquecem.

    ResponderEliminar
  4. para além da grande fadista que era... sublinho também o grande ser humano....

    ResponderEliminar
  5. Corina: é uma grande verdade.

    ResponderEliminar
  6. Sutra: nem mais. Enquanto estava à procura dos vídeos que queria pôr, encontrei um vídeo de um concerto na Coreia.

    ResponderEliminar
  7. S*: venha quem vier,Amália será sempre Amália.

    ResponderEliminar
  8. Petra:outra grande verdade.Tornou-se grande mas nunca perdeu o que muitos perdem: o lado humano e capacidade de dar.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall