Matrix

domingo, janeiro 29, 2012



Para mim, existem os filmes de acção, os de ficção cientifica e o Matrix, a trilogia completa.
Eu que não sou de forma alguma fã de ficção cientifica e de acção (ambos na sua forma pura e dura, e provavelmente na mais soft também), sou uma fã assumida da trilogia. Não sei se pelo filme em si, se pela história. Provavelmente por ambos, e sim o protagonista ajuda e muito.O que é certo é que ontem vi o Matrix 1999 e quando dei por mim, já estava quase a meio do filme.
Hoje segue-se o Matrix Reloaded, e amanhã o Matrix Revolutions (o único que não vi).
Para mim cativante nestes filmes é não só a história, mas também aquela espécie de filosofia (ou filosofia mesmo), que o guião tem.
Afinal, o que seria de nós se acordássemos e descobríssemos que somos uma espécie de autómatos, que a nossa realidade, não é a nossa realidade, que tudo o que vivemos, fazemos e concebemos estava digamos que previamente programado desde a hora em que estamos dentro de um útero?


(...)I don't know the future...I didn't come here to tell you how this is going to end, I came here to tell you how this is going to begin. Now, I'm going to hang up this phone, and I'm going to show these people what you don't want them to see. I'm going to show them a world without you...a world without rules and controls, without borders or boundaries. A world...where anything is possible.

Matrix 1999

You Might Also Like

4 comentários