Plágio

sábado, março 03, 2012

Não resisti a pazer este plágio,e adaptá-lo à minha vivência.

Um dia eu vou perceber a necessidade de reconhecimento, o ego e a arrogância de certas pessoas. Sério. Um dia vai fazer-se luz nesta cabeça e descobrirei o propósito de obter resultados com julgamentos imbecis e falta de conhecimento de causa. Um dia o meu ingénuo cérebro vai dar-me a inteligência suficiente para reconhecer a necessidade de exigir dos outros aquilo que não tivemos coragem de dar, quando passamos pela mesma situação. A puta da mente humana é tão curta que até dá dó. Mas até nessas falhas, bastava haver um pouco de humildade na correcção dos defeitos. Bancamos os perfeitos, com a mania que a sabedoria reina na nossa experiência associada à idade e à vivência, e esquecemo-nos de ser atentos e cuidadosos com as limitações, pessoais e profissionais, do outro. (...) A vida muda, minuto a minuto, pedindo urgentemente que nos adaptemos. Por vezes é simples, outras vezes nem tanto. E é aí que vemos o que realmente importa. Se o projecto final, se a caminhada de criação que o caracteriza (...). 

You Might Also Like

2 comentários

Popular Posts

Subscribe