Carta ao meu passado

sexta-feira, abril 20, 2012

Desafiada pelo Ricardo, e após muita ponderação, segue a minha carta ao passado. Ponderei a dita carta, porque não sou muito boa a escrever cartas, e fazer algo do género "Olá passado como vais???", não era a minha idealização de carta.
Assim sendo não é bem uma carta que escrevo ao passado, é mais um recado...uma nota, um apontamento, um resumo ao dito.


Passado: és qualquer coisa de tramado. 
Olho para ti e penso no que podia e devia apagar, nos erros que cometi, nas consequências que trouxeste para o presente e que se podem reflectir no futuro. 
Olho para ti e penso "caramba Inês, o que é que te passou pela cabeça???, depois volto a olhar e a pensar e a concluir "Inês, fizeste está feito, e nestas coisas da vida e dos erros não há lugar a arrependimentos mas a aprendizagens." 
Mas passado, nem tudo é mau, claro está, também trouxeste coisas boas para o presente que passarão para o futuro....mas sacana,  em determinadas alturas podias teres sido mais simpático comigo....não achas???Pois eu acho....porque tu passado fizeste-me fazer coisas impensáveis, mas outras definitivamente memoráveis. Umas de chorar de tristeza, outras de chorar a rir, outras que não lembram nem ao menino Jesus....
Ouve lá, quem te mandou a ti, colocares-me no caminho uma amizade colorida??Uma...duas...três...quem te mandou deixares que eu fosse desprezada numa delas??
Mas aí ensinaste-me bem...ensinaste-me a pagar da mesma moeda, e caramba ajudaste a valorizar-me (era bom era, a minha pessoa deixar-se pisar por um caramelo armado em carapau de corrida....)
E os pensamentos do género "não ando a fazer nada nesta vida....será que tenho uma depressão....sará que sou bipolar....raios partam a vida que não foi muito simpática comigo..." Passado, estes pensamentos não são bonitos...são chatos!!!!Não podias ter sido mais benévolo nesse ponto
Graças a ti, sou uma teimosa do caraças, mas também um poço de sensibilidade, juntando uns laivos de "depressividade" e de emoção. 
Passado....muitas vezes olho para ti e penso "caramba Inês, tens um passado que vai contigo para todo o lado desde sempre."
Passado....tu és a minha vida, fazes parte de mim, hoje, amanhã e sempre. Eu sem ti não existo, não sou nada...porque é graças a ti que sou como sou, com todas as qualidades e defeitos de fabrico, com todas as alegrias, tristezas e dores, com todos os sorrisos e lágrimas. 

És parte de mim, sacana...a ti devo muito do que sou....mas podias ter sido mais simpático em determinadas alturas...mas eu aguento-te bem, com tudo o que me trouxeste...

Se alguém quiser escrever uma carta ao seu passado...basta isso mesmo...escrever...como eu fiz.

You Might Also Like

5 comentários

Popular Posts

Subscribe