segunda-feira, abril 16, 2012

Floribella e eu

A Floribella acreditava em fadinhas.
Eu acredito em boas pessoas, que existem boas pessoas, e que de vez em quando ou de quando em vez, elas passam pela minha vida.
Por mais que me engane (oh se já me enganei, quantas e quantas vezes), hei-de acreditar nisto até ao fim da minha vida.

15 comentários

  1. Chamaste minha Princesa??
    :)

    Eu também acredito!
    «I do believe in fairies, I do, I do... »


    Beijinhos no teu coração :)

    ResponderEliminar
  2. http://www.youtube.com/watch?v=hFnul4k5hUM

    ResponderEliminar
  3. ...e deves continuar a acreditar nas boas pessoas... e nas fadas também. :)
    Se alguma vez deixares de acreditar, o mundo tornar-se-á demasiado medonho para ti... tu, que um dia acreditaste naquilo que nunca deverias ter deixado de acreditar. :)

    ResponderEliminar
  4. É bonito ter fé nas pessoas, mesmo que magoe.

    ResponderEliminar
  5. Eu compreendo a tua comparação à Floribella, mas, ela?? É pôr os dedos na boca e vomitar! ;)

    Quando deixamos de acreditar no próximo, é grave! Aí, temos que rever os que estão à nossa volta, assim como, nós mesmos.

    Kiss

    ResponderEliminar
  6. Eu acredito sempre, não devia porque já bati muitas vezes com a cabeça...

    ResponderEliminar
  7. Como estão todos a comentar seriamente...

    Eu credito mais em fodinhas!!! :P

    Beijocas, lindinha!

    ResponderEliminar
  8. Ainda vale a pena acreditar, nem todas são iguais :D

    ResponderEliminar
  9. Orquídea: :)) Adorei o vídeo!!

    ResponderEliminar
  10. LOL: não exageremos nas fadas...mas de facto o mundo é medonho...e nesta vida temos que acreditar sempre em algo.

    ResponderEliminar
  11. S*: mais que bonito é essencial.

    ResponderEliminar
  12. Sodona Essência: falou e disse. Felizmente, não aconteceu nada disso para eu fazer este post, foi um devaneio.

    ResponderEliminar
  13. Supersónica: também eu...mas....

    ResponderEliminar
  14. Malena: neste momento não!!!

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall