Floribella e eu

segunda-feira, abril 16, 2012

A Floribella acreditava em fadinhas.
Eu acredito em boas pessoas, que existem boas pessoas, e que de vez em quando ou de quando em vez, elas passam pela minha vida.
Por mais que me engane (oh se já me enganei, quantas e quantas vezes), hei-de acreditar nisto até ao fim da minha vida.

You Might Also Like

15 comentários