quinta-feira, maio 03, 2012

Deve ser do ar...

Não tenho nada a ver com as opções políticas de cada um, até porque não sou a dona da verdade nestes (e muitos outros assuntos).
Mas fiquei literalmente de boca aberta e disse " é doido, só pode ser doido", quando numa reportagem na Sic, sobre as eleições Francesas, entrevistam um emigrante Português, que põe a família Le Pen num altar, e com muito orgulho, porque a familia vai almoçar ao seu restaurante. 
E Domingo vai votar em branco como Marine Le Pen. 
E a favor das medidas e das ideias da FN, porque é Português e Europeu, e a FN "adora" os emigrantes Europeus por serem cá do Continente.
Verdade seja dita, só me apeteceu entrar literalmente pela televisão, agarrar no braço do senhor e dizer algo como: 
"Oh chefe, lá por existirem muitos emigrantes Portugueses na França, isso não quer dizer nada. São emigrantes e ponto final. Se a FN subisse ao poder, todos os emigrantes estavam tramados, e nem o senhor, nem nenhum emigrante Português estava safo. Nem pelo país de origem, nem por serem do Continente Europeu. Estavam tramados!!!"
Isto deve ser do ar que respiram, na França....nunca pensei em ouvir isto. Já agora mude de nacionalidade
Portugueses da France...bem disse o jornalista que também foi entrevistado "querem ser mais papistas que o papa". 


4 comentários

  1. é para onde lhes dá mais (€)...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SuperSónica: é de doidos.Para mim é o típico caso do Português que já não é. É Português da France e deve fazer parte daquele grupo que quando vem à terra faz questão de exibir tudo e criticar o que o rodeia.

      Eliminar
  2. A família Le Pen vai comer ao restaurante do fulano?? Bem que lhes podia era colocar uns pózinhos na comida para lhes dar uma valente diarreia a todos.
    :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Orquídea: parece-me que ficaste tão pasma quanto eu. Se quiseres vê a reportagem a partir do minuto 28: http://sicnoticias.sapo.pt/programas/jornaldanoite/article1526961.ece

      Eliminar

© Brainstorming
Maira Gall