segunda-feira, maio 14, 2012

Hora do Vitnho (124)


"Eu tenho uma espécie de dever, de dever de sonhar,de sonhar sempre, pois sendo mais do que um espectador de mim mesmo, Eu tenho que ter o melhor espectáculo que posso.E assim me construo a ouro e sedas, em salas supostas, invento palco, cenário para viver o meu sonho entre luzes brandas e músicas invisíveis".

Fernando Pessoa - O Livro do Desassossego



4 comentários

  1. Esse excerto transmite uma forma de ver a vida absolutamente perfeita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade S*.
      Nós somos os espectadores e os actores principais dessa peça de teatro que é a vida.

      Eliminar

© Brainstorming
Maira Gall