Histórias

sábado, julho 28, 2012

Hoje casou-se uma amiga minha. Uma menina/mulher. Entrou no meu curso no ano em que o terminei. Com um namoro problemático praticamente acabado, mas com ilusões de que esse voltasse à harmonia do antes, e  que da outra parte houvesse cedência, mais liberdade, enfim....uma relação mais saudável. Não funcionou, mas ela manteve sempre o sorriso, o sonho dos 20 anitos que ele deveria ter na altura.
E com esse mesmo sorriso ela voltou a apaixonar-se de forma repentina (dizem que as paixões são assim, não é verdade???) e foi de certa forma correspondida. Lembro-me muito bem de ela me dizer " Mãe adoptiva....eu gosto dele, estou apaixonada por ele.Ainda bem que fui ter explicações de matemática com ele". Eu lembro-me de ter dito algo como "Eh pá....vê bem onde te estás a meter...ele tem para aí a minha idade.Vê como te trata, se não és mais uma e assim, assado, cozido, frito e grelhado".
Lembro-me de não dar um tostão por esta relação, de pensar que ela não ia ser tratada da forma como merecia (e todos merecemos), que iria ser enganada, mil e uma coisas. Verdade seja dita não achava que durasse mais do alguns meses, não acreditava na relação, não acreditava que funcionasse, via a menina deslumbrada e não acreditava na outra parte.

Mas a menina acreditou sempre. Mostrou persistência, coragem e acima de tudo determinação e luta. E mais que a menina, ele também acreditou, apesar de todos os altos e baixos que tiveram, os problemas e angustias que surgiram e foram ultrapassados.
Mesmo já longe fui acompanhando o evoluir, o crescer e cimentar de algo em que no inicio não acreditava.E como me soube bem "dar o braço a torcer", como fiquei contente e com uma lágrima no canto do olho quando soube de um dos mais originais pedidos de casamento de sempre (o pedido de casamento foi escrito com giz num quadro pequeno, numa sessão fotográfica). Caramba....foi o inicio da concretização de um sonho.

Hoje a menina/mulher cumpre aquele que sei ser um dos maiores sonhos de vida dela: casamento com tudo a que uma noiva tem direito. Prova que apesar dos altos e baixos, tudo se consegue e supera, que a paixão se torna em amor, que o amor se junta com a cumplicidade, com a amizade e a lealdade.Sei que a menina hoje dá uma "chapada de luva branca" a quem desdenhou, prova que os sonhos são realidade. E sei que vai voltar a prová-lo novamente no dia em que for mãe (outra prova a ultrapassar).

Eu não acredito em contos de fadas com finais felizes. Acredito em histórias com altos e baixos, alegrias e tristezas, acredito na máximas "na saúde e na doença, na alegria e na tristeza". Acredito que existem histórias  reais com finais felizes que se vão trilhando passo a passo. E são estas histórias que me fazem sorrir, me deixam com uma lágrima no canto do olho e fazem pensar que esta coisa do amor, afinal de contas até pode ser bonita....

You Might Also Like

3 comentários

Popular Posts

Subscribe