quinta-feira, julho 05, 2012

Politiquices

Quer-se dizer que quem tem um bom curriculum profissional, tem equivalência a 36 cadeiras de um curso.


Vendo as coisas desse prisma penso o seguinte:


Um desempregado de longa duração pode ter uma licenciatura em recursos humanos, devido ao elevado envio de anúncios a que respondeu, às entrevistas a que foi e aos nãos que ouviu...


Um talhante pode ir para medicina e fazer uma especialização em cirurgia pelo facto de ter cortado muita carne.


Um psicopata pode licenciar-se em psiquiatria por saber avaliar a mente humana.


Um ladrão que tenha escapado à prisão e saiba contornar as leis, pode licenciar-se em Direito.


E quanto ao facto de o TC considerar inconstitucinoal o  corte dos subsídios à FP nos anos seguintes, a solução é prática e eficaz: pondera-se em cortar ao privado e está tudo resolvido. Provavelmente já estaria pensado não????


Então e quando é que se cortam os grandes salários dos grandes gestores??

Quando é que se cortam nas empresas publico-privadas??´


Quando é que se cortam nos ordenados da AR??


Quando é que se taxam as grandes fortunas??


Quando é que se mudam as leis das reformas desses intocáveis que são os nossos políticos, gestores, administradores, presidentes, banqueiros e afins???


Já agora taxem os subsídios de desemprego e as reformas miseráveis e os RSI'S dados a quem deles tem direito.
 

1 comentário

  1. Não, esses são intocáveis! Sabes, li no outro dia, que um general não-sei-das-quantas, não ia pedir já a sua reforma, só para o ano, porque não queria perder os 5,500€. Agora vê. Este é um em muitos do que por aí andam...:S

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall