quinta-feira, agosto 23, 2012

Dancin Days

Comecei a ver a novela por curiosidade, mas apercebi-me pouco depois de que uma das personagens era doente mental e provavelmente bipolar. O que eu tinha percebido confirmou-se. Digo que a personagem está muito bem pensada e muito, mas mesmo muito bem representada.
Aquelas crises existem daquela forma, de um extremo ao outro.
E escolheram uma óptima actriz para a personagem.Não é fácil representar um doente mental, mas a Custódia Galllego consegue-o muito bem.
E já estava na altura de existir uma novela portuguesa que abordasse o tema do doente, da doença mental e do meio em que se insere.

8 comentários

  1. A personagem consegue ser irritante e dar pena no minuto seguinte... adoro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A personagem está muito bem conseguida e é muito muito bem representada.Só a mudança de olhar é fantástica.E a forma como consegue ir de um extremo ao outro.

      Eliminar
  2. Sei que existe essa novela Inês, já vi os anúncios à mesma, mas nunca vi -verdade-. Não fazia a mínima ideia de que existia essa personagem. Acredito no que dizes e confesso que me deixaste com curiosidade em ver tal prestação da actriz.
    A novela dancin days não é nova Inês, é um remake. A original era brasileira, claro, e data do fim dos anos 70.
    beijos

    gostei muito da foto de ontem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que é um remake, mas não sei na versão brasileira existia alguma personagem deste tipo.Mas está muito bem representada e pensada.As crises, os olhares, o não querer medicação.Mesmo o ambiente social e familiar está bem contextualizado.
      Vê nem que seja um episódio.
      E tenho muita curiosidade em ver como é que vão dar seguimento à personagem e à doença.
      E já era tempo de se abordar este tema numa novela.É bem mais real do que muitos pensam, e tu bem sabes.

      Eliminar
  3. conheço uma pessoa bipolar e a personagem dessa novela esta 5 estrelas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então com certeza que notas semelhanças.

      Eliminar
  4. Podes crer, há muitas pessoas que sofrem dessa doença e não sabem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha mãe é bipolar...provavelmente sempre o foi, mas foi diagnosticada para aí em 2002.Mas é um diagnóstico muito difícil de fazer.

      Eliminar

© Brainstorming
Maira Gall