Enrolanços

segunda-feira, janeiro 07, 2013

Salvo raras excepções, gosto de pouco de ser enrolada, ou de sentir que estão a tentar enrolar-me, seja porque motivos for, mesmo que seja para vender areia no deserto, ou dissertar sobre a lógica da batata frita. Gosto de tudo directo, pão pão, queijo queijo.

Dispenso os Se's os mas, os pois e por aí adiante, porque aí como diz o outro "nem o pai morre e nem a gente almoço", e não se vai a lado nenhum.

You Might Also Like

9 comentários