Ei-lo

sexta-feira, fevereiro 01, 2013


E pronto o mês de Fevereiro chegou.

A época facebookiana lamechas por excelência
Toda queridinha, fofinha, docinha, amorosinha, apaixonadinha, adorávelzinha, e com muitos mais adejectivos terminados em inhos e inhas.


Pessoalmente tanta manifestação de afecto e seus derivados enjoa-me um bocado. Uma manifestação gosto, a segunda tolero, a terceira engulo. Depois da quarta confesso que fico enjoada.

Porque é que não optam pelos textos lindíssimos que existem? Por exemplo os do Miguel Esteves Cardoso, que a meu ver falam do amor como poucos? E como estes andam por aí muitos mais. São intensos, ternurentos mas não da forma delicodoce.
Eu ia ficar bem mais contente, e provavelmente menos enjoada.

Confesso que não entendo esta necessidade de se mostar ao mundo o amor, com coisa delicodoces, várias vezes por hora. Muitas vezes quando o abro o facebook dou por mim a dizer "Outra vez???"
O que é demais é moléstia. O os "inhos" para mim são a moléstia da moléstia.

You Might Also Like

2 comentários