A minha terra tem/ Uma fotografia por dia (34)

quinta-feira, março 21, 2013

A minha terra teve uma agência funerária que fechou pela falta de clientes, teve um café central que era também um misto de casa de alterne, teve duas associações recreativas no tempo da "velha senhora".
A minha terra tem um largo da igreja, a igreja, o sino da igreja e o coreto.
A minha terra tem beatas e carpideiras que marcam ponto em todos os funerais, tem também o muro da vergonha ou correio da manhã.
A minha terra tem pinhais em redor e o mar a 2 km.
A minha terra tem as cuscas de serviço, dispostas a darem á língua por todos os motivos e mais alguns, ou mesmo sem nenhum.
A minha terra tem cerca de dez cafés, dois mini mercados, e 2 lojas de pronto a vestir.
A minha terra tem um edifício construído para um banco que entretanto fechou.
A minha terra tem uma estrada principal, uma Rua heróis do ultramar e uma Rua 25 de Abril, bem como uma 1º de Maio.
A minha terra tem um sacristão, tem procissões, tem a visita do padre pela páscoa que vem abençoar a casas.
A minha terra tem gente ciosa da sua vida, ciosa da vida dos outros, ciosa de coisa nenhuma.
A minha terra tem os "recebedores" do RSI que bebem minis e mais minis ao fim do dia na associação recreativa.
A minha terra tem festas de verão, bem como tem o esgroviado de serviço que entra e sai de todos os cafés e lojas após cansar a cabeça das pessoas.
A minha terra tem ruas, ruelas, becos e lavadouros.
A minha terra tem domingueiros, muito bem vestidos, tem outros tantos que nesse dia desempoeiram as farpelas do século passado.
A minha terra tem emigrantes, imigrantes, desempregados e "recebedores" do RSI.
A minha tem cabovisão, mas não tem nem Zon e nem Meo.
A minha terra tem uma estrada do cemitério com uma rotunda a meio, tem um túnel e tem terreolas em redor dela.
A minha terra tem "azedas" e campos com flores.
A minha terra tem uma escola primária das "antigas", e um parque infantil que foi destruído.
A minha terra tem vivendas, casas grandes e casas pequenas.
A minha terra tem um apeadeiro e paragens de autocarros.
A minha terra tem gente de "todos os tamanhos e feitios".

A minha terra tem sanitas.
A minha terra tem vasos dentro de sanitas.


You Might Also Like

4 comentários