Apontamento psicoterapêutico e árvores

sábado, abril 13, 2013

Como devem saber a minha pessoa iniciou uma doses de vitamina P, para complementar com o resto.
A dose foi interrompida por uns motivos, mas vai ser retomada dentro de dias.

O "giro" de estar a fazer o segundo tratamento de vitamina P, é conseguir notar as diferenças de quando fiz o primeiro tratamento há já quase cinco anos.
Basicamente quando julguei que tinha crescido tudo o que tinha a crescer, nesta diferença temporal e em especialmente no últimos meses de 2012 e também já em 2013, vim a descobrir que ainda cresci mais.

Disseram-me que depois de crescermos e de sermos "grandes", devemos continuar a crescer, a sermos grandes. Com esta conversa foi também feita a analogia da minha pessoa com a árvore.  Basicamente sou uma árvore que foi crescendo e tornando-se forte contra todas as intempéries. Uma árvore cujos galhos foram e ainda são cortados para nascerem mais fortes e viçosos. Porque parte do crescer implica quebrarmos para nos reerguermos mais e melhor.

E nesta diferença temporal entre tratamentos de vitamina P, sinto um orgulho enorme em mim mesma e na minha árvore.




You Might Also Like

0 comentários