sexta-feira, maio 31, 2013

Photo a day May (31)

Four things





Photo a day May (30)

Tool
Portátill/computador, ferramenta indispensável no nosso dia a dia.

Photo a day May (29)

Kiss
E sim, foi o que me veio à cabeça. O refrão do kiss, cantado pelo Prince.



Página de jornal

Deve ser mais ou menos isto: ganha-se o euromilhões, torna-se estupidamente novos ricos e quer-se aparecer em tudo o quanto é jornal e televisão.
A seguir vem o quê?? Ser capa e ter direito a destaque nas revistas cor-de-rosa?
Tornar-se figura proeminente no " jet 7 nacional", e figurar ao lado dos "vip's" Portugueses? 

Tem-se a certeza de que existe muito jornalismo de sarjeta no país quando este assunto não só ocupa uma das páginas do jornal, como também tem direito a um bom destaque na primeira página.

quinta-feira, maio 30, 2013

Humores

Estou com um humor de cão rafeiro, abandonado e triste.
Basicamente estou com humor de cão. E bem grande. Assim como não gosto de cães pequenos, o meu humor deve ser do tamanho de um dogue alemão

terça-feira, maio 28, 2013

É por estas e outras

É por todos os casos de negligência, violência e abusos fisicos e psicológicos que fazem às crianças (seja aqui seja na China) que faz com que eu afirme as vezes necessárias que sou e serei sempre a favor do aborto e da adopção seja por casais heterossexuais, mães e pais solteiros e sim por homossexuais. 
Coisas que maltratam as crianças para mim são e serão sempre coisas, nunca gente, putas ou pessoas.

Amor não vem no nosso código genético, no ADN, no espermatozoide ou no óvulo. Amor tem-se genuinamente, e quem o tem não comete nem a dupla atrocidade com que eu hoje fui "presenteada", nem outras semelhantes, maiores ou menores. Não comete e ponto final parágrafo. Quem tem AMOR pelos filhos, trata-os, educa-os, ama-os e está disposto a tudo pelos mesmos: a roubar, a matar, a prostituir-se. 

Não os entrega a ninguém a troca de dinheiro, de presentes, seja do que for. 
Nem os manda por canos de esgotos, caixotes do lixo, seja lá para onde for.
Não os maltrata, não abusa deles e nem permite que outros o façam.
Se é para fazerem as maiores atrocidades às crianças, porque raio é que as têm???? É para lucrar???

Photo a day (28)

What you're doing now


Estão ali uns senhores

Estão na RTP 1 uns senhores a dizerem que é preferivel uma criança que seja instituicinalizada, que os deputados centro-direita "votaram contra a ideologia" (então e a ideologia pessoal, a consciência).
Estão ali uns senhores que se uma criança menina de três calça os sapatos da mãe, quer dizer que é o melhor. Se um menino de 4 anos andar com o cachimbo do pai, significa que é um homem.
Estão ali uns senhores a dizerem que os estudos mostram por A+B que a criança não pode ser co-adoptada por um homossexual.
Estão ali uns senhores a dizerem que a lei que permite o casamento entre homossexuais é uma lei fotográfica, que existe uma teoria da conspiração entre os homossexuais que basicamente passa pelos seus direitos.

E mais do que tudo está ali um senhor, que por acaso é o Bastonário da Ordem dos Advogados, e esse senhor deu os parabéns ao movimento LGBT português, porque segundo percebi os grandes cargos estatais são ociupados por homossexuais (o drama), que os homossexuais controlam o que nós provavelmente achamos incontrolável, que os homossexuais são o polvo Português...
Ora bolas...eu pensava que o polvo são todos os que mandam no Estado independentemente da sua orientação sexual, social e política. 

segunda-feira, maio 27, 2013

Splash

Do pouco que "vi" (para aí 10 minutos), não gostei. E não faço a menor intenção de contribuir para as audiências da SIC aos domingos à noite. Basicamente não encontro qualquer coisa de lúdico na coisa, nem nenhuma espécie de novela ou comédia que me entretenha.
Além do mais, o quanto as pessoas fazem para aparecer na tv é algo que me transcende, admito. Aliás se por um lado compreendo o porquê das figuras que são ali feitas, por outro lado o que se faz pelo "desafio" ultrapassa-me. E caramba...a Sónia Brazão ganhava muito mais em explicar com pés e cabeça o acto de fazer explodir uma casa e em admitir de que precisa de acompanhamento psiquiátrico do que estar a pôr em causa todo um tempo dispendido por profissionais para lhe darem uma imagem digna, pelo menos por fora (porque a interior são outros 500).

Photo a day May (27)

Can´t live without.


Photo a day May (26)

Fave thing to do on sunday.
(Quando como é ao domingo).


domingo, maio 26, 2013

Sim, estou com azia do caneco

Fosse eu sócia do SLB muito provavelmente hoje tinha desfeito o cartão em pedaços.
Grandes equipas têm a capacidade de assumirem os seus erros, de se saberem melhores, de saberem que o são (e tinham tudo), mas possuírem a humildade de serem grandes e os melhores. É isso que eu espero daquele que é não só o meu clube mas é o maior clube Português, o que tem o maior número de adeptos e a maior massa associativa.
E o que se espera de um clube com essa dimensão é a capacidade de assumir os erros, mas também a humildade. E o SLB desde que ganhou o derby, ficou assoberbado por uma estúpida capacidade de arrogância e de soberba. As consequências são as que estão à vista: 3 finais jogadas, 3 finais perdidas. Devido a arrogância, falta de humildade, desvalorização do adversário, falta de coesão e de espírito de equipa, ou muito simplesmente por terem o rei na barriga.

E assim se perde tudo, se perdem 3 finais e coloca-se tudo em causa. 
Mas nem assim se ganha humildade de admitir o que não se fez bem e nem se admite a capacidade de errar. Foi o que se viu, incapacidade em assumir derrotas e uma contínua arrogância de que não gosto de ver, seja no futebol, a jogar ao berlinde ou no dia-a-dia. 
 

sábado, maio 25, 2013

Photo a day May (25)

Us
(Mãe e filhos).


Photo a day May (24)

Go


Fazer contas

Com a promoção da Wook, fiquei com um vale de 33.81€ para gastar. A ideia inicial seria comprar os dois livros da trilogia o século de Ken Follet, mas depois pus-me a pensar que o melhor será rentabilizar o vale, fazer umas pesquisas, olhar para a estante, escolher um escritor de que goste bastante e usar o vale para "completar" a colecção o mais que possa.
Assim, a minha escolha recaiu nesta escritora, agora resta escolher... 

sexta-feira, maio 24, 2013

Sobre a bíblia da psiquiatria

Esta semana caiu à minha frente a "actualização" do DSM (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais). Mesmo não sendo da área, confesso que fui ver as alterações feitas.
Caramba.....parece-me que as doenças mentais e psiquiátricas estão na moda...pelo menos com esta actualização da "biblia". Isto vai gerar mais consultas, mais venda de medicamentos, mais rótulos, mais pessoas a quererem ser doentes.


Oh caramba!!!!

Está lua cheia, passa da meia-noite, é madrugada de quinta para sexta....

Oh caramba!!!!
Será que o lobisomem vem aí?????

quinta-feira, maio 23, 2013

Sobre as iniciativas

Sou completamente a favor de todas as verdadeiras inciativas à empregabilidade, 
Gera emprego, o mercado anima, o desemprego "diminui", ganha-se experiência profissional.
Contudo irrita-me seriamente ver toda a gente abrangida por não sei quantas medidas de incentivo à empregabilidade, menos as pessoas da minha faixa etária.

Aquelas que muito provavelmente precisam de verdadeiros incentivos e apoios à empregabilidade.
Muito sinceramente, sinto que não sou carne, nem peixe. Que não importo. Nem eu, nem a minha faixa etária, a faixa dos 30's, aqueles que estão a constituir ou constituíram recentemente família. 

Aqueles que foram apanhados no meio da crise. Aqueles que tem uma "carreira" profissional completamente e estupidamente estagnada. Aqueles que vendo bem as coisas podem não vir a ter reforma, ou vir a trabalhar até mais tarde.

A sério...e nós????
Não somos tão poucos quanto isso....na formação que estou a fazer agora, cerca de 90% das pessoas são da minha faixa etária, e isto significa algo, e não é tão minimo ou minimal como querem fazer crer.  

Photo a day May (23)

Pj's

Gosto de pijamas largos.




Photo a day May (22)

Change


quarta-feira, maio 22, 2013

Hora do Vitinho (167)


O Amor Nunca Salva, mas alguém Tem uma Ideia Melhor?

Descobri, um pouco tarde, que afinal todos os meus livros são histórias de amor. Só que as daninhas estavam tão bem disfarçadas que eu próprio não tinha reparado. Às vezes, amo entre duas pessoas, outras de amor entre uma pessoa e uma ideia. Idalina enamora-se por «uma dança sem música». Sam Espinosa apaixona-se por uma mulher uns anitos mais velha (duzentos, coisa pouca), Greg quase é salvo da perdição por uma sósia de Angelina Jolie. O amor está no ar e também, como diria um poeta, o amor está no mar. O amor não salva, nunca salva, mas alguém tem uma ideia melhor?
Tão sensacional descoberta levou-me a cogitar no seguinte: e qual será a melhor forma de amar? Carente de modelos reais na vida humana, decidi procurá-los na natureza. Com a ajuda da televisão, claro, Canal Odisseia, National Geographic, Canal Panda, essas coisas. Pode-se lá chegar à natureza, nos dias que correm, senão pela televisão! Três rolos modelos logo me saltaram à vista: o Amor do Louva-a-deus; o Amor do Cisne; o Amor do Urso Polar.
Após alguma esmiuçação, concluí que qualquer um me parece bem, e tem as suas vantagens e desvantagens.
No romance do louva-a-deus, a fêmea devora o macho depois da cópula. É natural, toda a gente sabe que a gravidez estimula o apetite. E seria bem pior se ela o devorasse antes da consumação.
O cisne acasala para a vida. É bonito. Lembra certos parzinhos que encontramos sobretudo na noite boémia, muito perfeitos, muito encapsulados, o mundo é deles, o mundo são eles. Gosto, mas como nunca experimentei sinto-me sempre um bocadinho do outro lado da vitrina, a definhar de inveja.
Pronto, confesso. O que, esse sim, me toca profundamente é o amor do urso polar. É esquivo, dura pouco – pelo menos a parte do encontro. Urso polar e ursa polar namoram e acasalam brevemente, e logo se apartam, cada um para seu lado, para todo o sempre, a fêmea talvez com uma cria, o macho continuando a sua caminhada, glaciares fora, de nenhures em direcção a nenhures.
Vai solitário e triste, o nosso urso? Talvez. Eu gosto de pensar que vai de coração cheio, e que a brevidade do encontro é compensada pela intensidade da memória. Tanto quanto sei, não há ursos com Alzheimer.
Rui Zink, in "O Amante é Sempre o Último a Saber"



Possível internação

Muitas das vezes em que acciono o meu modo "Monstro das bolachas", dou por mim a cantar mentalmente isto:

Eu vou comer, eu vou comer
Ate me lambuzar
Porque se eu nãoo comer
Vem outro e come em meu lugar



Posto isto, dei por mim a pensar se não será bom fazer um internamento voluntário para acalmar o monstro das bolachas que por vezes sai dentro de mim.

Bem sei que há males piores, mas lembrar-me deste refrão por cada vez que como bolachas, não sei se será bom...

(O Quim entrava no meu cérebro apenas na semana académica, e durante uma noite...agora quase que sinto alguma apoderação...
E sim, vou comer bolachas...) 

Possível antevisão do futuro

Descobri que a minha gata preta teve três gatos, e pelos vistos também eles pretos.
Das três uma:
Vou ter azar durante um século;
Vou ter sorte um dia destes;
Vou tornar-me nesta senhora.





(E ter uma casa com gatos, sem cães e um quintal, não é lá muito bom. Começam a ser gatos a mais para dar comer!!!!)

Saudações

Saúdo o Martim, a sua coragem, a atitude e frontalidade.
É bem verdade que o ordenado mínimo não é suficiente (e não são necessários relatórios de Organizações e afins), mas também é bem verdade que muitas pessoas (eu incluída , não se importam de trabalhar por esse valor, ou ainda por menos.
Bem vistas as coisas, não são os relatórios elaborados por entidades que vêm pôr o salário minimo no nível minimamente desejado. Também não esses relatórios que nos dão trabalho/emprego. Também não esses relatórios que nos alimentam.



Parabéns ao Martim pela extrema audácia (assumo a minha "inveja" por não ter parte desta postura).

Quanto à Doutora Raquel: até pode ter um curriculum extraordinário  Mas uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa: quando a Doutora vier estudar as dificuldades e assimetrias sociais e económicas in loco, iremos estar dispostas a ouvi-la.
Quando a Doutora se aperceber que neste momento poucos se dão ao luxo de recusar um trabalho por questões e regalias salariais conversamos.

(Vale apena ouvir todo o vídeo, mas o que se ressalva está a partir do minuto 4).

terça-feira, maio 21, 2013

Só faltam vacas a voar


E quando penso que já li de tudo, que nada neste mundo me espanta, que só falta ver de facto vacas a voar e que as galinhas tenham dentes, descubro que ainda posso ficar surpresa.

E não foi de todo por uma notícia agradável ou bem disposta. Foi precisamente pelo oposto, por descobrir que quando penso que o ser humano não pode ser mais estúpido ou acéfalo, alguém vir-me mostrar o contrário.

E não consigo descobrir o que me "espanta mais": se os tampões embebidos em vodka e enfiados na vagina ou no anûs (que já conhecia), pôr álcool directamente nos olhos, ou beber desinfectante para as mãos.


Photo a day (21)

I care about this


Não gosto

Não gosto nem de falsos moralistas, nem de puritanos e muito menos de virgens ofendidas. São coisas que me dão não só a volta ao sistema, mas também me dão cabo dos nervos.

Não é mais fácil e mais saudável assumirem as coisas tal como são, em vez de andarem com "nhô nhô nhôns" , frases feitas e sabedorias/filosofias de bolso????

domingo, maio 19, 2013

Photo a day May (17)

Season

Primavera


Photo a day May (19)

My favourite view

Cima, sempre para cima.



sábado, maio 18, 2013

Gosto disto (12)



E escreveu Fernando Pessoa:
A liberdade é a possibilidade do isolamento. És livre se podes afastar-te dos homens, sem que te obrigue a procurá-los a necessidade do dinheiro, ou a necessidade gregária, ou o amor, ou a glória, ou a curiosidade, que no silêncio e na solidão não podem ter alimento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo. Podes ter todas as grandezas do espírito, todas da alma: és um escravo nobre, ou um servo inteligente: não és livre.

sexta-feira, maio 17, 2013

Photo a day May (18)

Want



Photo a day (May) 16

Mailbox

Trocos

A isto ser verdade, a isto vir-se tornar realidade, tenho a certeza de que o "Estado" vai cumprir sigilosamente a regra do arredondamento.

Agrada-me ver

Com uma margem muito escassa de votos,Portugal tornou-se hoje no 5º país a permitir a co-adopção de crianças por casais do mesmo sexo. 
Um pequeno passo na luta pela igualdade de direitos entre os casais hetero e homossexuais, mas acima de tudo a preservação na e da criança sobre todos os direitos que lhe assistem.

E eu bato palmas a todos os que ajudaram a que este projecto lei fosse aprovado.
Caramba!!! Sabe-me bem saber que em determinados aspectos o Meu País vive não só no século XXI, bem como tem uma grande consciência social e emocional.

(Quanto às reacções contra, não me espantam).

Velho amigo

Good old friend....




quinta-feira, maio 16, 2013

Photo a day May (15)

7' O clock
Estava em modo dragão raivoso.
A deitar fogo e fumo.



Constatação trazida por uma tosta mista

Descobri o porquê de a classe política ser constituída maioritariamente por homens:
Todos dizem o que acham que queremos ouvir, julgam ainda que dão a volta com uma boa campanha.

O anúncio do El corte Inglés

Tenho a certeza de que não me cansaria de o ver.
A certeza absoluta. Certezinha...oh se tenho!!


quarta-feira, maio 15, 2013

Gosto disto (11)


Só mais uma coisita

As imagens facebookianas do género pelo meu clube de futebol sou capaz de vender a minha mãe, irritam-me solenemente. 
Ao contrário do que disse António Mexia, não acredito que a vitória do Benfica ou de outro qualquer clube de futebol contribua para que o nosso PIB aumente.

Portanto, façam-se à estrada, à vida, e porque há mais marés que marinheiros, haverá mais futebol e há coisas muito mais 
importantes nesta altura. Muito mais em que pensar e ponderar. 

Não é o futebol que põe o pão na mesa, ou que dá o "ordenado" ao final do mês. 
Não é o futebol que endireita o nosso PIB e melhora a nossa situação financeira. 
Não é o futebol que nos tira do buraco onde estamos enfiados e nos salda dívidas ou muda políticas.

O futebol é o nosso pão e circo. Distraiam-se um pouco, mas não fiquem alheados da verdadeira realidade.
Entendido???


Disto do futebol

Simples, prático e eficaz.
Assim se ganham taças e ligas.

Numa semana perde-se um campeonato e a Liga Europa.

terça-feira, maio 14, 2013

A mastectomia da Angelina

Há quem escolha reagir e quem escolha agir.
Angelina Jolie, ao invés de esperar pelo pior para reagir optou por agir. 
Como não vejo e não entendo qual é o mal que ao mundo por optar em diminuir o risco de ter um cancro em vez de saber as probabilidades de os tratamentos funcionarem resta-me aplaudi-la de pé.
Aplaudi-la pelo acto e pela nobre atitude de torná-lo público.

Sem sombra de dúvidas vem mostrar novamente a Mulher de Coragem que é.

Se eu fosse uma música

Pleased to meet you 

Hope you guess my name





A minha mãe diz muitas vezes que eu sou o diabo em figura de gente....

Photo a day May (14)

Need


Photo a day May (13)

Sunrise/Sunset


Photo a day May (12)

Mum




Photo a day May (11)

A smile

Encomendas

Alguém sabe quem encomendou o frio e o tempo cinzento???   
É que mais parece que estamos em Outubro ou Novembro!!!
Descida de 6 a 8 graus de temperatura????
Que é isto???


sábado, maio 11, 2013

Laivos de hooliganismo

Isto é feio, muito feio. É um jogo de futebol e não uma guerra. Existem pessoas que vão ver o jogo pelo desporto, e para verem uma das equipas ganharem.
Isto, esta recepção, este ódio clubistico é completamente dispensável.
E sim, tenho dúvidas de que mais de 1000 polícias, meios aéreos e de captação de imagens sejam suficientes.
As claques estão completamente loucas, mais do que o costume. A prova: a imagem aqui em baixo e a "retaliação" que tenho a certeza de que está a ser feita.

Caramba....é um jogo, não é uma guerra.
Mas para além de querer muito que o meu SLB ganhe e se sagre campeão (ajuda em muito à moral para o dia 15), acima de tudo espero que a polícia consiga conter o máximo de violência que se possa, porque esta frase não é bonita, e apela ao sangue entre os raios negros das claques.




sexta-feira, maio 10, 2013

Gosto disto (10)

Provavelmente uma das melhores e mais realistas descrições do amor. 

Photo a day (May) 10

Stars


Sogras

Indirectamente e sem eu pedir, hoje deram-me para aí 50 mil motivos para continuar solteira!!
Basicamente, no autocarro uma senhora sogra debitava cobras e lagartos das noras, aquelas malvadas que levaram os filhos de casa da mamã. Que não deixa o filho falar com a mãe, que manda no filho, que diz, que faz e acontece. Raio das noras que falam, que mudaram os filhos, coitadinhos dos filhos...tão bem em casa da mãe, a fazer companhia à mãe, mas as noras, aquelas coisas ruins tiraram os filhos das mães e fizeram-lhes as cabeças. 

E a sogra, jesus, a sogra um dia farta-se e diz 20 coisas às noras!!! Mãe que é mãe e sogra que é sogra daquelas a valer mete o nariz no casamento e na vida que os filhos têm com aquelas criaturas do demo que são as noras!!


Ah....as noras....essa caixa de Pandora que é aberta e tem dentro dela todos os males do mundo.

Cruzes, credo!!
Vá de retro, vá de retro!!!
(Penso que esta tipologia de sogra também se aplica para os genros).


quinta-feira, maio 09, 2013

Photo a day May (9)

Snack
Às vezes penso que de certa forma encarna em mim o Monstro das Bolachas.


Substituição

E substitutos para o Google Reader????
Alguém já encontrou, ou estão à espera de que a Google mude de ideias??

quarta-feira, maio 08, 2013

Gosto disto (9)

Photo a day May (8)

Shape
A minha mão.


Caso para dizer

"Homens e mulheres da Igreja que são carreiristas, alpinistas sociais, que usam as pessoas, a Igreja, os irmãos e irmãs -aqueles a quem deveriam servir- como trampolim para suas próprias ambições e interesses pessoais causam um grande mal à Igreja"

Se um Papa incomoda muita gente, o Papa Francisco vai incomodar muito mais. 

E quando o copo está prestes a transbordar

Confesso que a minha paciência nunca foi grande para palhaços, piadolas, e para a "stand-up comedy". É tipo de coisa, assunto, pessoa e situação que me dá cabo do sistema. Além do mais,  mexe-me muito, mesmo muito com os nervos. Basicamente é o tipo de pessoas que me deixa literalmente a bufar, ao mesmo tempo que respiro fundo e penso para mim "nem estou a ouvir isto".
Posto isto, assumo que são pouquíssimas as pessoas que tolero com este tipo de comportamentos. A norma é abominar este comportamento e pessoa. Odiar, detestar. Simplesmente, mexe-me com os nervos e com o feitio de maneira fantástica. 

Basicamente para ver palhaços vou ao circo, e nunca os apreciei muito (nem o circo e nem os palhaços). Quanto aos piadolas e à vertente de "stand-up comedy", vejo as notícias e se me der na telha vejo o big brother "vip" (ainda não pus olhos nisso, vá-se lá saber porquê).

Geralmente, o meu olhar e a minha postura por vezes são suficientes. Por vezes junto um "bom dia" ou "boa tarde" arreganhado e a coisa chega. O pior é quando encaro com o tipo de palhaço que acha piada ao saber que eu fico irritada, fula da vida, com o sistema alterado, e vão insistindo e insistem, e continuam, e mais um pouco. Quando esta situação acontece, o meu copo (que se tem aguentado) enche e falta apenas a gota que o faz transbordar...

terça-feira, maio 07, 2013

Photo a day May (7)

Something beginning with F.

Sobre o Photo a day May (6)

Confesso que não queria entrar no "comum" tema de algo partido. Ainda pensei em desenhar e depois em fotografar. Mas ontem em Lisboa quando olhei para a entrada do metro e vi que parte da placa da entrada estava partida, confesso que não resisti a tirar o fotografia para colocar aqui. A placa está partida onde eu assinalei, e digamos que está "partida" em duas cores: verde e amarelo.


Posso morrer estúpida

Confesso que no meu pacote de tv por cabo tenho o TLC. Contudo acontece que no meu zapping, nunca mas nunca parei por lá por um minuto que fosse. A minha "onda" são as notícias, séries e música, dando-me assim por satisfeita e contente da vida.

Contudo, há pouco descobri que posso morrer estúpida, mas sem me importar minimamente com isso. Primeiro não gosto dos excessos Americanos, segundo gente louca e estúpida vejo todos os dias. (In) Felizmente não preciso de ver um canal Americano para isso.
E ver uma reportagem, leva-me a  concluir novamente por não me importar de ser "estúpida" nestas coisas.

Apenas fico com estas dúvidas:
Se esta situação não é trabalho infantil ao seu mais elevado nível, o que é ????

Se estes pais (e principalmente a mãe) não são completamente loucos e obcecados, o que serão ???

Esta não é uma criança com uma infância saudável, muito longe disso. E digo que tenho dúvidas de que se a criança se tornará num adulto "saudável".

(E não vou na história de "fazerem a vontade à menina").



segunda-feira, maio 06, 2013

Photo a day May (6)

Broken

Onde??



Photo a day May (5)

Paper

Um caderno com "papéis" brancos.


E hoje

Em frente ao Ministério das finanças.




Se não me deixam sonhar, eu não vos deixo dormir (é o que está escrito na folha A3 se não estou em erro)

Quase ao estilo mentes crimonosas

Lendo este artigo percebem-se pelo menos duas coisas: 
O terror que muitos Alemães sentem perante crimes xenófobos (as mazelas do século passado foram caras para muitos);

A semente do mal ainda germina.

O olhar da mulher: frio, sem emoção. Um rosto sem qualquer expressão, comoção, mostra de culpa ou de arrependimento. Uma assassina, um monstro

A "demora" para que estes dez crimes (os que se sabem) fossem associados como de cariz xenófobo  Onze anos caramba, onze anos é muito tempo, seja em Portugal seja na Alemanha. É tempo demais e tempo a mais. 

domingo, maio 05, 2013

E pumbas

 "(...) O primeiro-ministro sabe e creio que é a fronteira que não posso deixar passar", disse Paulo Portas neste domingo, numa declaração na sede do partido. Trata-se de "um cisma grisalho que afectaria mais de três milhões de pensionistas da Segurança Social e da Caixa Geral de Aposentações", acrescentou (...)

E sem desfazer a coligação, mas com um grande "toma embrulha, e vai buscar", Paulo Portas manda por água abaixo o imposto sobre as reformas, abana o novo limite de idade para as reformas da função pública.
Pelo caminho, alerta para a constitucionalidade das medidas, afirma onde aconselhou os cortes e ainda "reconhece" que leva em linha de conta a opinião de Cavaco Silva sobre a "crise", os partidos e os governos.

E pumbas....quer-me parecer que Pedro Passos Coelho e Vitor Gaspar foram tramados outra vez...

Paulo Portas não andou na feira apenas a dar beijinhos e a apanhar (mostrar bonés). 
Nada disso....sabe como poucos ir à procura de eleitores: a taxa (imposto) sobre as reformas foi como que um presente de Natal antecipado, e o aumento das horas de trabalho da função pública foi como que um brinde.

Pois...o tio Paulo sabe bem o que faz e tem uma visão de longo alcance  não só lava as mãos do assuntos mais graves, mas também consegue antever onde necessita de ir buscar votos para as próximas eleições como as Europeias, ou as Autárquicas.

Ainda vou a tempo???

Feliz dia da mãe a todas as mães que são verdadeiramente mães, e já agora a todas as que são um pouco mães!!!

sábado, maio 04, 2013

Photo a day May (4)

In my cup

Água....e a dúvida de se o copo está meio cheio ou meio vazio.


Este moço

Só sou eu, ou mais alguém acha que este moço (Pitbull) tem pinta de "sacana"????
(Acho que todas músicas dele têm as palavras cosa, dura, rica, buena).


Mas eu gosto do Chelsea...

Eu até gosto do Chelsea, tem um lado de anti-herói que aprecio bastante (O "meu" clube Espanhol é o Barcelona, acho que diz tudo), e tem bons jogadores (alguns vindo do Glorioso!!!) 
Mas acima de tudo tem não só um dos melhores guarda-redes do século XXI, mas também um dos maiores exemplos de luta e de perseverança no desporto.
O senhor do "capacete".

A modos que é equivalente

Entrar numa drogaria/loja de ferragens é equivalente a passar por uma obra.
Os homens olham de cima a baixo as mulheres que passam pela obra, bem como fazem o mesmo na drogaria/loja de ferragens.

sexta-feira, maio 03, 2013

Disto das fotografias

Como é que eu faço aqueles efeitos giros nas fotos?
Uso o este no pc .
Este e este no telemóvel.
E pronto...basicamente brinco com os programas, nada mais.
Ajusto a automaticamente a cor, e depois brinco com os efeitos e as ferramentas. 

Photo a day May (3)

This is really god!!!


Bolachas, livros, música, sol, praia, Alentejo.


Bem....

Pedro Passos Coelho fez um discurso cheio de ameaças.
Ameaças a tudo e todos: coligação, oposição, tribunal Constitucional, patrões, sindicatos e pessoas.
Não é com ameças e recados que chegam a consensos, sejam lá quais forem.
E para variar tudo ficou pela metade, como sempre tudo fica pela metade....

quinta-feira, maio 02, 2013

Clubite aguda

Amesterdão!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!





Photo a day May (2)

Morning ritual

Água

quarta-feira, maio 01, 2013

Photo a day May (1)

I bought this!


Photo a day (May)

Vou continuar com o desafio.



Gosto disto (8)

E o barulho do silêncio pode ser ensurdecedor.
Muitas vezes no silêncio ouve-se o barulho da mente, o barulho dos pensamentos. E esse por vezes é tão mas tão alto que nos deixa surdos.


Dia do trabalhador

Com alguma inspiração vinda daqui, não resisto a "tecer algumas considerações e a deixar um "desafio".
Ninguém terá ficado indiferente ao desabamento do edificio que albergava uma fábrica no Bangladesh. Centenas de pessoas morreram e milhares ficaram feridas. Com essa tragédia veio ao de cima o tema da escravatura humana que muitos de nós esquecemos. E hoje, dia 1 de Maio parece ser um bom dia para o lembrar.

Por todo o mundo existe trabalho escravo. Achar que este existe apenas em países e continentes menos desenvolvidos é o que se pretende, é o que os media mostram e tendencialmente nós acreditamos. É certo que as situações são mais gritantes nesses locais, mas também é certo que mesmo na Europa e nos EUA existe trabalho escravo. E o mesmo se passa na América do Sul, que não existam quaisquer ilusões do contrário.

E, infelizmente todos nós contribuimos para essa escravatura, mesmo que indirectamente. Todos nós somos donos de escravos. Basta para isso ver as etiquetas das nossas roupas, o país onde foi feito o telemóvel que temos, a televisão que compramos. Desenganem-se os que pensam o contrário. Muitas pessoas fazem a roupa que usamos, os acessórios, os telemóveis. Basicamente tudo aquilo em que mexemos, que temos, usamos tem mão-de-obra escrava.

E hoje, dia 1 de Maio, mais do que alertar para os direitos dos trabalhadores, deveria ser feito um alerta para a escravatura no mundo. Apesar de estarmos em pleno século XXI, a escravatura existe, o tráfico de seres humanos continua a existir. 
É uma realidade dura, mas é essa a realidade.
Por algum motivo as grandes empresas estão a deslocalizar-se cada vez mais para países sub-desenvolvidos. Explicam-nos que a mão-de-obra é mais barata e que as empresas e fábricas têm menos custos. É o bonito de dizer, e o que queremos ouvir.
Mas estes "custos menores", não são nem mais nem menos do que escravatura. Pura e simplesmente escravatura.

Deixo o desafio: saibam quantos escravos têm. Eu tenho 40.

Trigo limpo

Fico com a cabeça à roda, e completamente zonza, e com vertigens por cada vez que leio algo sobre a forma como "funciona" o sistema de nacional de saúde, e sobre as regras que estão implícitas, que não saem para  fora, mas que vamos conhecendo.


Ele é poupar o máximo que se possa em medicação.
Ele é não permitir qualquer tipo de internamentos.
Ele é hospitais sobrelotados e outros a funcionarem como centros de saúde.
Ele é acabar com especialidades sem que os utentes sejam avisados, ou "proibir" os utentes de se deslocarem a hospital X porque o utente pertence a hospital Y, que por sua vez reporta ao hospital Z (e isto já me aconteceu).

Mas mais que tudo e pior que tudo é saber que se mandam os velhos para casa basicamente para morrerem. Hospital não dispõe da medicação, ou não pode internar. Assim "estabilizam-se" os velhos e mandam-nos de volta para casa e a família, que se safe ou que se lixe. A família que trate dos velhos em casa, que façam trinta por uma linha, o máximo que podem sem serem médicos ou hospitais, sem terem os medicamentos necessários, sem poderem fazer do que o que se faz. Isto porque a ordem que parece estar implicita, mas que vai estando cada vez mais explicita é mandar os velhos para casa e esperar que morram logo, e depressa. Assim, menos o estado gasta com assistência, comparticipações em medicação e em reformas.

Isto é trigo limpo, farinha amparo...
Tratar dos velhos para quê??? Só dão gastos...



© Brainstorming
Maira Gall