11/09/2013

quarta-feira, setembro 11, 2013




Faz hoje doze anos que vi com os meus próprios olhos quanto o homem pode ser mau, as atrocidades que se fazem quando o fundamentalismo religioso é grande, mas tão grande.
Passados doze anos, as imagens do World Trade Center ainda me arrepiam.

E que esta seja uma memória que nunca seja apagada. Precisamos de memórias destas para nos lembrarmos do que somos e para onde vamos.


You Might Also Like

0 comentários