A violência do número 33

segunda-feira, novembro 25, 2013

A escassas semanas de terminar o ano, estima-se que foram mortas 33 mulheres vítimas de violência doméstica. Um número de mortes abaixo do ano passado, mas não menos assustador e aterrador: três mulheres morrem por mês vítimas de violência doméstica.
Num país de brandos costumes, aquele que "entre marido e mulher não se mete a colher", segundo a UMAR, em Portugal não existe uma estratégia contra a violência doméstica (a velha frase "país de brandos costumes" levada ao extremo).
Contas feitas, neste "cantinho", são morrem por mês 3 mulheres vítimas de violência doméstica.

São estes os números, os dados "oficiais", mas infelizmente existem muitas mais vítimas de violência doméstica.

A violência doméstica não escolhe, idade, educação, estrato económico e social, ou um credo religioso. Não escolhe nem cor nem raça.

Não se deixem abusar e violentar, de forma directa ou indirecta. Denunciem.


You Might Also Like

0 comentários