Com a coisa na mão

sábado, janeiro 25, 2014

Aquando da minha ida ao hospital de Alcobaça, por causa de uma moinha na zona abdominal, acompanhada por náuseas e enjoos (não estou grávida), ao abrir a porta do gabinete médico escalabardei o puxador da porta. Metade ficou na minha mão, a outra metade aterrou no chão.

Se fiz força, ou tive um acesso de violência? Nada disso, fiquei literalmente com a coisa (maçaneta) na mão. 





You Might Also Like

2 comentários