sábado, janeiro 31, 2015

Nem sei que título dar

Nem sei que título hei-de dar a este post, porque fiquei verdadeiramente estúpida, e depois pus-me para aqui a pensar....

Mas perguntaram-me se eu aos 34 anos não estava a vida passar à minha frente sem fazer nada....e sinceramente o que devia ter respondido era qualquer coisa como

"Onde é que vocês estavam na altura em que eu tinha que lançar-me e lançar a minha vida?"
"Onde é que verdadeiramente estavam na altura em que fiquei a braços com a situação mais triste de toda a minha vida?"
"Onde é que estavam????"

Agora é que se preocupam???

quarta-feira, janeiro 28, 2015

#HoradoVitinho 202

Gostava de saber

Depois de saber que o Luís Figo se vai candidatar à Presidência da FIFA, gostava de saber como vai a dor de cotovelo da Katia Aveiro.



Notícia do dia

Notícia do dia para nós solteiras, ou para nós que nos causou urticária a notícia do casamento.
O George pode vir a divorciar-se.

Da minha parte estou pronto a dar-lhe o meu ombro para ele chorar.
O ombro, o braço, a perna, o pé.....enfim tudo o que ele precisar. Afinal de contas, temos que ser uns para os outros, e o George não pode passar por esta fase sozinho....

terça-feira, janeiro 27, 2015

#HoradoVitinho 201

segunda-feira, janeiro 26, 2015

Para que a Terra não esqueça....

Para que a Terra não esqueça, e para que a Memória não se apague.
E cabe a nós manter a memória viva.
Cabe a nós não permitir forma alguma de anti-semitismo, de racismo, de discriminação.
Cabe a nós não permitir que movimento algum nacionalista ou extremista ganhe poder.
Cabe a nós não enveredar por fundamentalismos, por crenças e ideais de superioridade e de raças.
Cabe a nós não acreditar e não propagandear em nome dos que querem um credo, uma religião, uma raça.

Hoje celebram-se os 70 anos da Libertação de Auschwitz-Birkenau.
E celebra-se a liberdade: a liberdade não só dos Judeus, mas todos.
E cabe a nós manter essa Liberdade, e trabalhar para que ela se perpetue pelos tempos.





Fiz umas contas

Hoje estive a consultar as medidas de "incentivo à empregabilidade", e pus-me a fazer umas contas por alto relativamente ao que posso eventualmente receber por mês tendo um contrato de 6 meses. E fiz novamente as contas ao que poderia receber se fosse uma espécie de pária da sociedade.

E tristemente conclui que neste país, aos olhos de quem "nos governa" e de quem concebe estas "medidas", um toxicodependente ou um beneficiário do RSI "vale mais" do que alguém que não chuta para a veia, não fuma erva, não tem dependências de substâncias psicotrópicas, ou não recebe qualquer subsidio estatal.

Assim sendo, resta-me ir ali bater com a cabeça na parede e amaldiçoar o facto de não estar inserida numa das categorias acima mencionadas.

sexta-feira, janeiro 23, 2015

Espero bem

Espero bem, e espero muito bem que o Manel tenha tudo aquilo a que tem direito, na moldura penal por violência doméstica. Sem atenuantes nenhuns. E espero bem, que todos os Manéis que maltratam todas as Bárbaras tenham direito a tratamento igual. Melhor.....espero bem que o Manel e todos os Manéis sejam sujeitos exactamente ao "mesmo amor" com que trataram a Bárbara e todas as Bárbaras por este país fora.

Espero bem que não morram, e que não sejam mortos por alguém. Espero assim, que o Manel e todos os Manéis definhem numa velhice sórdida, bem sórdida. Numa velhice tão sórdida que os façam todos os dias pedir a Deus para que morram.

E espero bem, espero bem que haja justiça para o Manel e para todos os outros Manéis. Mas justiça da boa!!


quinta-feira, janeiro 22, 2015

#HoradoVitinho 200

Se eu fosse mãe....

Se eu fosse mãe, perceberia o porquê de todos os produtos da Violetta estarem esgotados.
Como não sou mãe, mas prima à procura de uma prenda da Violetta, a pergunta que me ocorre é a seguinte:
Porque é que as lojas não reforçaram o stock de merchandising da Violetta??
Telefonei para a FNAC, para a Toys'r us e nada...nada de nada...nada de nada de nada.


quarta-feira, janeiro 21, 2015

#HoradoVitinho 199

Daquelas alturas

Daquelas alturas em que tenho uma imensa vontade de perguntar os Senhores do Nobel sobre o que raio lhes passou na cabeça para darem ao Obama um Nobel da Paz....

"Esta noite, eu apelo ao Congresso para mostrar ao mundo que estamos unidos nesta missão, ao aprovar uma resolução para autorizar o uso da força contra o Estado Islâmico"

Nada melhor que uma guerra para alavancar o crescimento da economia e baixar a taxa de desemprego.


terça-feira, janeiro 20, 2015

Estranha normalidade a minha.....ou então não....

Há quem ande pelo Chiado e reconheça actores, apresentadores, "figuras públicas" e outros que demais.
Já eu, ando pelo Chiado e reconheço o Francisco George, o director da DGS

sexta-feira, janeiro 16, 2015

Até dá vontade de casar

Andassem eles por cá a actuarem em casamentos, era moça para me casar na próxima semana!!


quinta-feira, janeiro 15, 2015

Aqui no Burgo

Aqui no Burgo importa mais o "capricho" do que a vontade das pessoas.
A vontade das pessoas e o bom-senso.
E para mim, mal estão as pessoas quando outras, as que "mandam", só olham para o seu umbigo e para o seu caderno eleitoral.

Qualquer do género "A gente manda, a gente é que sabe, a gente é que decide. Vocês.....vocês deixam-se estar quietinhos e caladinhos.


segunda-feira, janeiro 12, 2015

#HoradoVitinho 198

Sobre os Globos de Ouro

Esta alminha deixa-me sempre bastante equivocada.....


E o grito de guerra do Cristiano?

E o grito de guerra do Cristiano, o que foi aquilo?
Cá para mim, foi um implícito "Platini e Blatter: tomem, embrulhem e vão buscar!!!"

domingo, janeiro 11, 2015

No feed do facebook




Pois que apareceu este post no meu feed no facebook.
E passou-me o seguinte pela cabeça: tivessem os donos da moral e dos bons costumes um familiar com um grave problema de saúde, e pudessem esses mesmos donos da moral e dos bons costumes usar o seu nome para ajudar o familiar, não iriam fazer o mesmo? Pudessem influenciar um pouco que fosse não o fariam?

Iam ficar sentados e iriam dizer ao familiar "desculpa lá, mas tens que esperar como as outras pessoas. Mesmo com um grave problema de saúde tens que esperar a tua vez. O meu elevado sentido de moral não me permite mexer-me um pouco que seja para te ajudar."

Era isto que os abonados donos da moral e dos bons costumes faziam??
Seria mesmo??

Se seria, lamento imenso esse vosso elevado sentido de moral e de decência. É um sentido de moral um bocado deturpado. No mínimo é deturpado. No mínimo.



sexta-feira, janeiro 09, 2015

#HoradoVitinho 197

Ainda dentro do que se passa em França

Ainda dentro do que se passa em França, tenho cá para mim que os próximos dias vão ser determinantes para a Europa e para nós. Apesar de poder parecer que nada que se passe por lá, vai-se reflectir por cá, Muito pelo contrário: os atentados, as mortes que daí advieram vão ter repercussões políticas para todos. Para já, existem muitas pontas soltas: seriam todos da mesma célula terrorista? Terão acabado com ela? Quantas haverão mais? Estarão prontas?? Activas?? Onde?? Como é que houve esta falha da segurança Francesa e dos serviços de informação?
A isto acresce o facto de os suspeitos, não terem morrido como pretendiam, segundo a "fé do seu Islão": como mártires. Sabemos lá nós se não há (e com certeza que há) mais "islamistas" dispostos a vingarem os primeiros por terem sido mortos de forma "humilhante" e "desonrada" aos olhos destes "crentes".
Seguidamente e tristemente, muito provavelmente estes acontecimentos vão extrapolar-se para o lados religioso, político e social.
Para o lado religioso, porque acredito que nesta altura já estão a ser recrutados, treinados e preparados e quem sabe "enviados" mais "irmãos" para a Jihad.
Nos lados político e social, acaba por ser simples: a França tem a maior comunidade Islâmica da Europa. Muitos Muçulmanos vivem de "acordo" com a cultura Francesa (o polícia executado era muçulmano), mas quantos não vivem somente de acordo com os preceitos do Islão? Com régua e esquadro? E quantos Franceses não querem ver pelas "costas", estes "emigrantes"? Há que não esquecer os resultos da FN nas últimas eleições Europeias, e de outros partidos de extrema-direita e "eurocépticos",  nessas mesmas eleições. Todos estes partidos já vieram a público manifestarem-se a favor da intolerância que deve existir: fechar fronteiras, restringir a emigração, pena de morte no caso da FN, e este tipo de medidas tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos (sorte vamos tendo nós em a nossa extrema-direita não ter força suficiente, porque se tivesse iríamos com certeza olhar para esta sucessão de acontecimentos e de declarações com outros olhos ). E mais adeptos, significa mais poder e mais força. E extremistas com mais poder e força não é de todo o que se quer na Europa no Século XXI.

Com tudo isto, tenho cá para mim que o que irá acontecer em França nos próximos dias, vai ser determinar os próximos tempos na Europa. Coisa essa que não me deixa descansada, mas sim bastante preocupada...

quinta-feira, janeiro 08, 2015

#HoradoVitinho 196

E decidi que é apropriado recuperar o Vitinho no dia 80º aniversário de Elvis Presley.


quarta-feira, janeiro 07, 2015

Mas não se esqueçam

Mas não se esqueçam que tristemente quem ganha com este atentado são os movimentos de extrema-direita que vão aumentar e ganhar cada vez mais poder e influência.
É sabido que nas alturas em que as populações se sentem mais "fragilizadas" por motivos económicos, políticos, sociais e agora religiosos, movimentos extremistas crescem exponencialmente. Um exemplo: as manifestações de extrema direita que têm surgido nestes dias. Outro: a FP de Marine Le Pen que ganhou força na França nas eleições Europeias.
Importa contudo, saber e não esquecer que há que separar o trigo do joio: os muçulmanos não são todos monstruosos, nem todos matam para espalhar a religião. Nem todos têm o desejo de islamizar o resto do mundo. Aliás, muitos muçulmanos, grande parte deles sentem-se envergonhados e horrorizados com este (e todos os outros) atentados "em nome de Alá).


#JeSuisCharlie




Eu sou Charlie Hebdo, todos somos Charlie Hebdo.
Não foi somente um atentado à França. Foi um atentado a todos nós. A todos nós que vivemos e temos Liberdade: Liberdade de Expressão, Liberdade de nos exprimimos livremente. Mais que um atentado à Liberdade de Expressão é o atentado à nossa Liberdade, à nossa Segurança, ao nosso País, às nossas Convicções, à nossa Liberdade de Culto e Religiosa.

Um atentado à Liberdade em França por um bando de fanáticos islâmicos, que não respeitam o próprio Corão, os Ensinamentos que lhes foram transmitidos é um atentado a todos nós.

Querem meter-nos medo?
Querem-nos intimidar?
Não conseguem, não vão conseguir. Toda a Liberdade que temos e em que vivemos é mais forte do que qualquer fundamentalismo que haja, mesmo que pela força e pela morte de Inocentes cujo "pecado" é ser Livre.

segunda-feira, janeiro 05, 2015

Sou só eu que acha o mais recente anúncio do intermarché uma parvoíce sem jeito nenhum, ou há por aí mais alguém que pensa o mesmo???

É quando vi os primeiros segundos pensei que fosse alguma coisa relacionada com a protecção da criança. Depois, fui a ver, era apenas o intermarché....


#Desejopara2015 3

Ler mais.
No ano passado, poucos livros li e poucos livros comprei....


sábado, janeiro 03, 2015

#Desejopara2015 2


Que venham elas.

sexta-feira, janeiro 02, 2015

#Desejopara2015 1

Tirar o pó e as teias da aranha do estaminé.
Se não faz qualquer sentido encerrá-lo, mante-lo em lume brando também não.
© Brainstorming
Maira Gall