Ainda dentro do que se passa em França

sexta-feira, janeiro 09, 2015

Ainda dentro do que se passa em França, tenho cá para mim que os próximos dias vão ser determinantes para a Europa e para nós. Apesar de poder parecer que nada que se passe por lá, vai-se reflectir por cá, Muito pelo contrário: os atentados, as mortes que daí advieram vão ter repercussões políticas para todos. Para já, existem muitas pontas soltas: seriam todos da mesma célula terrorista? Terão acabado com ela? Quantas haverão mais? Estarão prontas?? Activas?? Onde?? Como é que houve esta falha da segurança Francesa e dos serviços de informação?
A isto acresce o facto de os suspeitos, não terem morrido como pretendiam, segundo a "fé do seu Islão": como mártires. Sabemos lá nós se não há (e com certeza que há) mais "islamistas" dispostos a vingarem os primeiros por terem sido mortos de forma "humilhante" e "desonrada" aos olhos destes "crentes".
Seguidamente e tristemente, muito provavelmente estes acontecimentos vão extrapolar-se para o lados religioso, político e social.
Para o lado religioso, porque acredito que nesta altura já estão a ser recrutados, treinados e preparados e quem sabe "enviados" mais "irmãos" para a Jihad.
Nos lados político e social, acaba por ser simples: a França tem a maior comunidade Islâmica da Europa. Muitos Muçulmanos vivem de "acordo" com a cultura Francesa (o polícia executado era muçulmano), mas quantos não vivem somente de acordo com os preceitos do Islão? Com régua e esquadro? E quantos Franceses não querem ver pelas "costas", estes "emigrantes"? Há que não esquecer os resultos da FN nas últimas eleições Europeias, e de outros partidos de extrema-direita e "eurocépticos",  nessas mesmas eleições. Todos estes partidos já vieram a público manifestarem-se a favor da intolerância que deve existir: fechar fronteiras, restringir a emigração, pena de morte no caso da FN, e este tipo de medidas tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos (sorte vamos tendo nós em a nossa extrema-direita não ter força suficiente, porque se tivesse iríamos com certeza olhar para esta sucessão de acontecimentos e de declarações com outros olhos ). E mais adeptos, significa mais poder e mais força. E extremistas com mais poder e força não é de todo o que se quer na Europa no Século XXI.

Com tudo isto, tenho cá para mim que o que irá acontecer em França nos próximos dias, vai ser determinar os próximos tempos na Europa. Coisa essa que não me deixa descansada, mas sim bastante preocupada...


You Might Also Like

1 comentários

Popular Posts

Subscribe