A propósito do esquecimento

sexta-feira, março 06, 2015

A propósito do "esquecimento" do "primeiro-ministro", para com as obrigações que tem com o Estado, é favor de clicar aqui.

No mínimo, no mínimo dos mínimos é vergonhoso o meu país andar nas bocas do mundo à conta de quem nos "governa".

Aqui há meses, a propósito do caso tecnoforma, disse que não queria e não admitia nenhum striptease às suas contas, contudo quer-me parecer que para além de fazerem striptease, as contas bancárias de Pedro Passos Coelho andam a dançar no varão.

E espero bem, espero mesmo bem, e mesmo sabendo que a concorrência não é a melhor que há, que nas próximas eleições legislativas as pessoas pensem muito bem antes de votarem num candidato a PM com alzheimer financeiro.

You Might Also Like

1 comentários

Popular Posts

Subscribe