terça-feira, junho 30, 2015

Pobre Tuga

E no meio disto tudo, uma pessoa põe-se a ler comentários nas redes sociais. E no meio de tantos comentários bem elucidados, chega o Tuga e zás....Chega o Tuga e escreve "é muito bem feita para esses Gregos, esses chulos, esses exploradores que vivem à grande."
"Não tenho pena nenhuma, devem pagar e bem!! Pagar e com juros e mais juros!!"

"Que saiam do Euro, e já agora da UE, não estão cá a fazer nada!!"
Chega o Tuga, zelador da moral e dos bons costumes, e o Tuga esquece-se.....esquece-se que também nós fomos resgatados, e que apesar de dizerem por aí que temos os cofres cheios, nada de nada é garantido. Também diziam em 2008 que a crise não ia chegar cá....em 2011 foi o que se viu, empobrecemos em nome de um resgate e de uma dívida que não contraímos, apesar de estar em "nosso" nome. Perdemos a diginidade, passámos a sobreviver, mas temos a distinta lata de dizer que os Gregos também têm que ser sugados até ao tutano, porque nós também fomos....

É esta a solidariedade que se mostra para com os aflitos??
Para quem só pode levantar 60euros do multibanco e não sabe se amanhã terá lá as suas migalhas....

Pobre Tuga.....sempre cego, sempre a acreditar no que lhe dizem....

segunda-feira, junho 29, 2015

Sobre a Grécia

"Deverá ser aceite o projeto de acordo que foi submetido pela Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional no Eurogrupo de 25.06.2015 e que compreende duas partes, que constituem uma proposta unificada? O primeiro documento designa-se 'Reformas para a Conclusão do Programa Atual e Mais Além' e o segundo 'Análise Preliminar da Sustentabilidade da Dívida'."


Os Gregos vão mesmo dizer sim ou não, sobre um documento que não leram?

Este referendo em Português tem os nomes "mandar areia para olhos das pessoas", e "tapar o sol com a peneira". 
O Syriza nada mais está a fazer do que mandar com areia para olhos do povo que governa.
Querem fazer referendos, façam-nos à vontade, mas pelo menos deviam ter a decência de saber e querer explicar bem o que se pretende referendar, as consequências do sim ou do não, o que andaram a fazer durante estes meses nas reuniões do Eurogrupo. Mostrem os documentos, traduzam-nos, expliquem o que se pretende. Caramba....cada vez me parece mais que a Grécia está em queda-livre, com um pára-quedas avariado.... 

sábado, junho 27, 2015

Esta recepcionista que vos escreve, deixa-vos um enorme conselho: quando prenoitam num hotel, nunca, mas nunca (nunca mesmo), se deixem levar no entusiasmo da "coisa". Pode haver alguém que chegue à recepção, a pedir para mudar o quarto com urgência porque o vizinho de cima se deixou levar pelo entusiasmo.

quarta-feira, junho 24, 2015

Profundamente emocionada

Profundamente emocionada com a bondade do Dr. Almiro, com a capacidade que tem de acreditar de que todos merecemos uma 2ª oportunidade, que todos somos bons seres humanos.

E, se houvessem mais como ele, o mundo seria concerteza melhor...

"Quando eu morrer, vai o meu caixão cheio de amor, serviços que lhes dei e recebi deles. Não dei só, eles também dão. Eles dão ás vezes amor que ultrapassa o nosso."

segunda-feira, junho 22, 2015

E....

E.....vamos esperar até Setembro....Adenoma é adenoma.....apesar de inconclusiva e de umas palavras estranhas, é para isto que a biópsia aponta...o inconclusivo assim fica, e quando se abrir, veremos.

E é o que é....o que tiver que ser....e pronto.
E pronto.....espera-se até Setembro.....

  

domingo, junho 21, 2015

Maldita seja a incerteza

.Custa-me imenso viver com a incerteza, com o não conclusivo. Neste momento a vida devia ser "é ou não é...." "é bom.....não é bom."
Com o sim e com o não, com o bom ou com o menos bom vivo eu bem. Sei com o que conto, com o que posso vir a esperar.
Agora, com o inconclusivo e com a incerteza é muito mais complicado. Tira-me a paciência, faz-me pensar e pensar e pensar. E eu penso, ou se penso, penso tanto, e faço conta com o pior. Não penso nos 50/50, arranco logo para os 60/40. A mim aconetece-me tudo, directa ou indirectamente, acontece-me tudo. Mais uma prova, mais um desafio, mais uma coisa para me entreter e me preocupar. E mesmo com estes entretenimentos, não posso e não devo descurar de mim. No meio de tudo sou eu, porque só sou eu, só me têm a mim, e eu.....eu, tenho-me a mim mesma...Que mais haveria de ser.

Uma biópsia inconclusiva, com umas quantas palvras estranhas, a internet, a maldita da internet ou a minha maldita ânsia de ter sempre que perceber as palavras estranhas, que sentido podem ter...
Que raio é o acilar, o trabecular, a actividade mitótica, o estroma, o anedoma, as células basais, isto aquilo, o outro e aquele outro...

Uma biópsia, um pedido de consulta no IPO que demorou dois dias para ser aceite, os meus e a incerteza....

Raios partam a incerteza e o inconclusivo. Não sei viver com incertezas...

quarta-feira, junho 17, 2015

E hoje

E hoje.....hoje que a vontade era muita, e o tempo convidava pus-me a andar. Fiz-me ao caminho....
Amanhã, amanhã faço intenções de me fazer à estrada novamente.


quarta-feira, junho 10, 2015

Tenho cá para mim

Tenho cá para mim que todos viveriamos melhor uns com outros e com nós próprios se mostrassemos desde logo o nosso "dark side".

Não seria mais fácil??

quarta-feira, junho 03, 2015

Ai Jesus

Ai Jesus.....apagou-se-te a luz......
E assim perco um dos meus trocadilhos preferidos.....



A propósito do caracol

São tão bons quando acompanhados de umas minis ou de umas imperiais....

Agora a sério.....não entendo, não consigo entender este desfasamento da sociedade....parece-me que em vez de se defender os que de facto não têm defesa, os que precisam de defesa, de ser contra a violência e os maus tratos, defendem-se.....caracóis. Caracóis. No meu país defende-se a causa dos caracóis, essa praga dos agricultores...

 
© Brainstorming
Maira Gall