terça-feira, novembro 24, 2015

Dos ciclos da vida e porque são 35

Acredito que a vida é feita de ciclos. Que por cada ciclo que vivemos, tiramos dele aprendizagens e que os mesmos determinam o que somos como pessoas e como seres.
Este meu último ciclo, aquele dos 28 anos, foi quase que como uma descida ao inferno, um bater no fundo do poço, uma volta de 180º. Isto porque, ao invés de me nortear-me, desnorteei-me. Mas, até daí se tiram boas aprendizagens. Ao desnortear-me, aos poucos virei-me para mim, e conheci-me um pouco melhor como pessoa e como ser. Ao fazer esta introspecção, aprendi a filtrar o que quero e o que não quero, o que faz bem e o que faz mal, o que alimenta e o que prejudica. Fui aprendendo a viver com um e a conviver com o outro. E assim se passaram 7 anos, e se abriu a porta a um novo ciclo. E ainda bem, porque é tempo de seguir em frente, de ir pela estrada fora.



6 comentários

  1. Hoje de manhã cedinho, quando me organizava para mais um dia de tarefas e rotinas de agenda na mão, apercebe-me que ontem foi dia 23... e apressei-me a vir aqui dar-te uma beijoca e um abraço de parabéns.
    Chego atrasada umas horas... mas também o que é isso comparado com as tuas 306.816 horas já vividas??

    :D

    Balanços bons ou balanços maus... o futuro e o que está para vir será sempre melhor!
    Beijos minha Princesa... felicidades para mais este ciclo
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É nisso que quero acreditar.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Parabeeeeeeeeeeeeeeeeeeens (atrasados)!! Que seja um novo ciclo feliz, cheio de coisas boas de viver!

    ResponderEliminar
  3. Muitos parabéns pelos 35. Tenho mais alguns que tu. E sim, a vida é feita de ciclos. Por vezes perdemos o rumo. Mas ao reencontrar-nos acabamos por ganhar sempre alguma coisa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É no rumo que estou focada. Acredito que quando o encontrar tudo irá melhorar.

      Eliminar

© Brainstorming
Maira Gall