sábado, abril 09, 2011

MEC





"Nascemos todos com vontade de amar. Ser amado é secundário... Prejudica o amor que muitas vezes o antecede.
(...)
“Porque é que conseguimos foder com quem não amamos? Não haverá aqui qualquer coisa de errado? Pensamos que o amor fica resguardado, mas a verdade é que [ele] vai-se fodendo à medida que se fode.”
(...)
A vida é simples e fácil de perder. Mas o amor é fodido. E gostei de fodê-lo contigo."

12 comentários

  1. Isto porque somos uma complicação nata!

    Kiss :)

    ResponderEliminar
  2. Não concordo com as últimas citações do texto...nascemos , sim para amar e ser amados...e se assim for não temos necessidade de fazer nada só porque sim! Nunca iria para cama com alguém sem o conhecer e gostar...acho que não tiraria nenhum prazer com isso. Chamem-me retrógrada ou o que quiserem...mas ir para a cama sem mais nem menos nunca fui nem iria.. acho que me sentiria nojenta. " O amor é fodido" como diz o MEC no livro...mas consegue-se amar e ser amada...sem o desperdiçar!

    ResponderEliminar
  3. E quem se fode é o amor... :)

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  4. Porque o amor é complicado, daquelas coisas que muitas vezes te esforças para compreenderes e por mais que tentes nunca vais entender.
    A isto costumo char coisas do carago... e é que é mesmo.
    Beijinho ;)

    ResponderEliminar
  5. A beleza do amor está precisamente na sua complicação... beijo.

    ResponderEliminar
  6. Essência: se não fossemos complicados, não éramos humanos. :)

    ResponderEliminar
  7. Marge: para mim, todos nós fodemos o amor de uma maneira ou de outra.

    ResponderEliminar
  8. Mary: é uma coisa do carago sem dúvida.

    ResponderEliminar
  9. Petra: se não fosse complicado, não tinha piada nenhuma.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall