quarta-feira, maio 09, 2012

Miguel Sousa Tavares, sexo e .....

No outro dia, a meio de uma qualquer conversa disseram-me que o Miguel Sousa Tavares tinha escrito sobre....minetes.
E eu???
Minetes???
Escreveu sobre....minetes??
Sexo oral feito ao mulherio???
Espera aí.....tenho que ir à procura do dito texto, tenho que ler o texto do MST que fala sobre minetes.
E li, tanto que o dito texto está aqui em baixo.
O dito texto, que não foi díficil de descobrir usando as palavras certas (texto, Miguel Sousa Tavares, minetes),é uma resposta a um artigo de Ana Anes (não sei se é jornalista, escritora, sexóloga, mas isso também não interessa para nada).
O que interessa é que a senhora se queixou dos maus minetes de que foi alvo. Ora isto é grave.Tão grave é ser alvo de uma coisa má, como é fingir que a coisa má é uma coisa boa....Mas 80% de maus minetes???Ou 80% de homens que os fazem mal???
Isto é um descalabro, falta de sorte, azar, má pontaria para a coisa e para o coiso.
Mas oh senhores.....esta história dos minetes é como as dos broches, ou se tem jeito ou não se tem. Existe o jeito natural, e o que vai adquirindo com a prática.....a malta não nasce ensinada, no es verdad  ( como dizem os vizinhos do lado)
???
E fingir??Uma vez ou duas pronto......mas siempre???? Assim induzem-se as pessoas em erro ora bolas!!
E isso é feio, não se pode enganar a coisa, o coiso, na coisa, ou nas coisas. Seja lá que coisa for.
E é por coisas destas que de facto existe o dito mau sexo, ou má queca, ou mau fazer o amor....Sai um ai para aqui, ui para ali, um Oh si cariño me gusta, fuerte fuerte, más,más.....Oh siiiiiiiiii, depois a malta como eu tem que gramar os caramelos que dizem:
"oh comigo é duas horas!!!E sempre a andar!!!"
"Comigo todas pedem e todas gostam!!!"
"Ninguém se queixa, tudo adora!!!"
"Sou um Adónis!!"
E dizem isto porquê??Porque não houve ninguém com a coragem de dizer "olha...tens que aprender umas coisitas, porque isso...."
Ninguém nasce ensinado. Uns nascem com jeito,outros com algum que é trabalhado, outros têm que trabalhar muito o jeito para a coisa e para o coiso.
Estamos sempre a aprender...essa é que é essa.
Mas agora fiquei com a interrogação......acciona-se o modo São Bernardo quando se faz o belo do minete???
É mesma coisa que nós acharmos que o broche é o equivalente a comer um gelado...lambe-se, abocanha-se e siga.... 




"Escrevo está crónica em plena quadra natalícia, numa altura em que os homens, coitados, na sua pequenez de vista, acham que nós queremos receber jóias, um casaquito do Cavali, um fim-de-semana numa linda pousada, um microondas para enfiarmos a cabeça lá dentro, etc, etc.Nem estão enganados os pobres.

Mas o que nós queríamos mesmo era homens que soubessem fazer um minete "comme il flaut".
Eu explico.
Estas almas penadas vieram ao mundo com um gene que lhes meteu na cabeça que fazer um bom minete é um dado adquirido.
Pois vai uma notícia: não é !
E o mais giro é que, perguntando aos desgraçados dos meus amigos, "Ex" e afins (o leque é grande e a probabilidade de acertar quase igual à da EuroSondagem), todos acham que fazem "o" minete.
Extraordinário!
Mas alguém se lembrou de às respectivas? Não.
E todos continuam convencidos de que são os maiores nesta lide particular. Burros!
Ora, da mesma forma que nós grandes falsas – esperneamos, dizemos "aaahhh! sssimm hhuuuummm!!" e nos mexemos "à canal 18" para fingir um orgasmo durante o acto, o mesmo nos estão a meter a cara entre as pernas.
Assumindo uma posição tipo "Dra Ruth" – é o que chama, no gozo a minha editora-, arrisco dizer que 80 por cento dos homens fazem minetes como os São Bernardo lambem as vitimas perdidas na neve, Lambem, lambem… sem saber porquê e onde.
E nós fazemos o nosso papel, para os pobre coitados não ficarem cheios de complexos (de vez em quando, algumas ganham coragem e dizem "querido, não te importas de fazer assim ou assado?", mas ainda é raro).
Depois, há cerca de dez por cento que têm jeito prà coisa : um potencial elevado para um "minete colibri" – Bate as asinhas e "truca", acerta no alvo sem grandes lambidelas ou aparato.
E, finalmente, vêm os abençoados, que já foram como os anteriores mas entretanto leram livros das especialidade e fazem os "minetes de oiro"- coisa rara nos dias que correm .
Mais uma vez os caracteres lixam-me a prosa não as ideias. Mas não é por isso que ficam os senhores leitores sem uma ideia para uma prenda jeitosa para o Natal, daquelas que , uma vez aprendida, é só dar."




“Minha Cara,
Tenho, sinceramente, muita pena de si…
Em primeiro lugar, tive a pena de constatar que só se sentiu realizada, ou minimamente realizada, em 20% dos minetes que lhe fizeram. Concordo consigo quando diz que os homens devem perguntar às respectivas se estão contentes com o seu desempenho. Nesse caso, porque é que assume claramente que finge os seus orgasmos? Das duas uma, ou a menina nunca foi “comida” como devia, ou então, coitadinha, não tem mesmo jeitinho nenhum para o sexo. Nós, homens, também lhe podemos fazer, por exemplo uma estatistica de quantas mulheres são ou não boas na cama. Ou quantas fazem ou não, bons broches. O que nunca lhe vamos poder fazer é fingir um orgasmo. Isto, claro, se conseguir que atinjamos um.
Acredite que há muitos homens que perguntam às parceiras se estão contentes com o seu desempenho. E acredite também que a maior parte dos homens não teve que ler um manual para fazer bons minetes. Apenas teve que os fazer, uma e outra e outra vez. Só com treino se consegue melhorar a performance minha cara.
Em segundo lugar, informo-a que, caso ainda não tenha percebido, o que você está a fazer é, muito simplesmente, a aumentar o número de homens que pratica mau sexo. Você e as mulheres como você. Ora repare: se você finge um orgasmo de cada vez que está com um homem, em primeiro lugar, está a fazer com que o homem acredite que realmente percebe do assunto (Sim, há homens que não percebem). Em segundo lugar, está a fazer com que este mesmo homem, não se esforçe o suficiente para agradar a parceira na relação seguinte. Penso que estamos ambos de acordo, quando digo que uma situação destas não é agradável, nem tão pouco desejável , certo?
O meu conselho, se o quiser aceitar, é: Faça mais sexo!!! A sério, penso que você precisa. Mas faça mais sexo sem fingir orgasmos. Vai ver que a sua vida sexual melhorar exponencialmente, e excusa de se vir queixar para as revistas. É obvio que nem todos os homens lhe vão dar um orgasmo, ambos sabemos isso. Mas vão tentar, isso , eu garanto…
E já agora. Informo-a também que não é assim tão raro uma mulher pedir ao “querido” para fazer assim ou assado. Não julgue todas as mulheres por si, “Dra . Ruth” .
Um Cordial abraço,
Miguel Sousa Tavares




11 comentários

  1. Opá, o que eu me ri com este post!! brutal!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nokas: ainda bem que gostaste. A minha opinião saiu de "esgalhada".

      Eliminar
  2. Um caso de policia...
    OU SERÁ MAU FEITIO?
    Creio que só a prática dará a redenção,ou seja cada um terá o que merece ou o que faz por merecer...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Campista selvagem:caso de polícia porquê?De mau feitio porquê?
      Mas acredito que existem casos em que nem com anos e anos de prática a coisa se dê.

      Eliminar
  3. Mas como isto anda...

    Como diz o outro "cada um, tem aquilo que merece!" - Verdade se diga, que o beijo, o prazer e tudo inerente é tão subjectivo que não se pode comparar. É o mesmo que a dor. O que é para mim, pode não ser para o outro. E aí sucessivamente... questionar sobre, é quase um tiro no escuro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sodona Essência: é verdade que é tudo subjectivo, que não se pode pôr tudo no mesmo saco, que não se devem fazer comparações....mas acabamos por fazer nem que seja inconscientemente...
      E não,não acredito que a prática leve à perfeição. O ser humano não é perfeito, nem no nexo, nem em nada.

      Eliminar
  4. Já tinha lido esses dois textos há uns tempos e realmente fico-me sempre a perguntar o mesmo: qual o gozo de se estar ali a fingir? Para agradar o outro? Mas porquê? Não é suposto gostarmos da coisa também?

    Na minha opinião, só uma mulher que não goste realmente de sexo, ou que nunca tenha tido do bom, pode dar-se por satisfeita a fingir alguma coisa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana: provavelmente muita gente prefere fingir a dizer "não está bem assim..."ou algo semelhante.É como na "altura do cigarro", quando surge o "gostaste??"
      O pior é quando se finge quase eternamente.A pessoa estará tão habituada a fazê-lo que se calhar já não consegue evitar não fingir, ou deixar-se "levar"...

      Eliminar
    2. Mas é triste, muito triste...

      Eliminar
  5. Este é o melhor post de todos os tempos. Eu acho que a tal senhora é daquelas que diz "Não me sinto á vontade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Loirita: melhor não sei, mas deve ser o mais "desencaixado" de sempre.
      Eu nem sei se a senhora é capaz de dizer isso...

      Eliminar

© Brainstorming
Maira Gall