domingo, maio 11, 2014

Tão verdade

Ouvi a Sofia Ribeiro dizer no Alta Definição, relativamente aos pais e ao afecto o seguinte
"Há coisas que se sentem, não precisam de ser ditas".
E é mais pura da verdade: o amor e o afecto não precisam de ser mostrados e demonstrados através das palavras. Quando ele existe, sentimos. Assim mesmo, de forma simples, sente-se. E quando se sente, quando o sentimos, não é preciso mais nada, não são precisas palavras, aqueles lugares comuns.

3 comentários

  1. Não sou pessoa de palavras muito afáveis, no entanto, considero-me capaz de virar o mundo por aqueles que gosto.

    ResponderEliminar
  2. Sim há coisas que se sabem sem que nunca sequer tivessem sido ditas...mas sabes que mais por vezes arrependemo-nos de não as ter dito e gostávamos de as ter ouvido...e perdoa Inês de discordo por uma vez mas seja o que for que digamos...se vier do fundo da alma nunca será um lugar comum...sou uma cota do pior...perdoa!!!
    Abraço de urso:) ???
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar

  3. Podem não ser precisas palavras para demonstrar afectos... mas quando elas existem tudo é muito mais intenso. :))


    Gosto de ti minha Princesinha... e já tinha saudades tuas!
    (raios de tempo que nos limita os "passos"!)
    Bbeijosssssssssssssssssss
    (^^)

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall