quarta-feira, agosto 25, 2010

Causas e injustiças

Como diz o post do meu signo eu sou uma pessoa de causas,não suporto injustiças,enfim sou uma defensora dos fracos e oprimidos,se pudesse fazia voluntariado com pessoas em risco,andava na sopa dos pobres e por aí adiante.
Ora hoje quando saia do metro em Lisboa para ir para o Alentejo,deparei-me com uma cena horrível e só tive vontade de ir mandar vir com os polícias porque não tinham nada que fazer aquilo.
Nas entradas da maior parte dos metros em Lisboa existem sempre pedintes e sem-abrigos,alguns que não fazem nada a ninguém,outros que podem fazer.Estava a sair do metro no Rossio,quando olhei para a direita e vi dois polícias a mandarem vir com o sem-abrigo que lá estava por nada.Sim por nada,porque eu parei e fiquei a olhar.Basicamente embirraram com ele e com o cão (eu vi que o cão era manso porque não se mandou aos polícias),agarraram no pobre desgraçado viraram-no contra a tralha dele com o belo do cacetete nas costas,depois viraram-no de barriga para cima e mandaram-no outra vez para cima da tralha,com o cacetete bem encostado ao peito e a única coisa que o coitado dizia era "deixem-me levar o cão."
No espaço de segundos em que saí do metro e chego à rua vejo a carrinha do Corpo de Intervenção chegar por causa de homem e de um cão que não estavam a fazer nada de mal,que estão ali todos os dias,levar o pobre coitado para a esquadra por não ter feito nada!!!!
Agora digam-me:é esta a bela polícia que temos?????Que agarra num gajo sem mais nem menos e o leva para a esquadra onde provavelmente foi muito bem tratado????
O que esses polícias mereciam????Passarem umas noites na pele desses desgraçados!!!!!!

15 comentários

  1. Eu fico sempre muito chocada(e não consigo deixar de ficar),quando vejo actos violentos de polícias contra civis...eu não consigo compreender a facilidade como o fazem...por quase nada...se fosse uma rebelião contra o estado...ok mas é por tudo e por nada...agridem sem problema nenhum pessoas do mesmo país,e que supostamente deviam defender...a mim custa-me
    bjs!

    ResponderEliminar
  2. Patrícia:
    Eu só não fui ralhar com a policia porque tinha que ir para o barco,mas a vonate era tanta,oh se era!!!!Se ele estivesse a fazer mal a alguém pronto,mas não estava!!!
    E esta a policia que temos????Que massacra os que não têm defesa???Vão para os bairros problemáticos fazer isso,ter com a malta que lá anda!!!!
    Mas não....não têm tomates para isso!!!

    ResponderEliminar
  3. Abusar dos mais fracos sempre foi a lei do ser humano. E não é só feito pela polícia. Eu vejo essas cenas diariamente e as mulheres são especialistas na matéria.

    ResponderEliminar
  4. Teófilo:
    Sim no trabalho existem mulheres que são umas autênticas cabras,na trops muitas são piores do que os homens,nas praxes académicas muitas humilham e são piores do que os homens mas em especial para as mulheres.
    Se demorar muito tempo a responder não é por não ter argumentos,mas por não estar atenta ao mail.

    ResponderEliminar
  5. Inês, eu sinto-me na obrigação de dar os parabéns, pois tu és uma mulher inteligente, com uma compreensão que não é muito comum nas mulheres. Outra teria contestado com alguma rispidez, as afirmações que fiz no comentário anterior sobre as mulheres.
    Parabéns por seres uma MULHER.

    ResponderEliminar
  6. Eu acho que a policia não usa devidamente o poder que tem. Na segunda feira, eu fui sair à noite, aqui na Ribeira. E para quem não sabe, à noite aquilo é do mais perigoso que existe. Só há bebedos e drogadas, mas achas que há lá policia? NEM UM!
    No entanto, quando é preciso "enxotar" mendigos, eles aparecem logo. Estupores.

    ResponderEliminar
  7. Teófilo:lá por ser mulher não quer dizer que não admita a cabra que há em nós.E todas temos esse lado dentro de nós,mas umas admitem e outras não.Eu dou os meus próprios exemplos:enquanto estudante fui uma autêntica cabra para os caloiros,mas não os hulmilhava,era arrogante e eles não0 gostavam de mim....até ao 1º jantar de curso,em que percebiam que aquilo era uma faceta (mas tive caloiros que me odiaram sempre).
    Aqui no trabalho,por ter uma colega (essa sim verdadeiramente cabra),tento ser cínica, mas ela já sabe que não adianta dar-me ordens porque eu não as cumpro,.
    Quanto às relações só me lixam uma vez....é que nem têm tempo de 2ª tentativa,porque já eu usei e deitei fora e não tenho problemas e mostrá-lo!!!

    ResponderEliminar
  8. Sara: pelo que meia volta se vê nas notícias sei que a ribeira é um sítio mesmo muito perigoso,em que vocÊs não conseguem andar minimamente descansados....logicamente que a polícfia nunca vai aí!!!!É muito mais fácil embirrar com pedintes do que andar a vigiar devidamente locais como esse!!!!

    ResponderEliminar
  9. Mas que mazinha!!!
    E eu que tinha intenção de te dizer isto: "Que tinhas sido feita por engano e depois não foram capaz de repetir"!
    Enfim! Muito se engana quem cuida...

    ResponderEliminar
  10. Teófilo:
    Eu sou humana....não sou perfeita,sou mazinha quando tenho de ser,mas acredita que sou muito boa pessoa,até demais às vezes.

    ResponderEliminar
  11. Acredito que sejas. A bondade de cada um depende muito dos outros.
    É complicado, não é verdade?

    ResponderEliminar
  12. Ora aí está....eu traduzo numa coisa muito simples:
    Que tenham o dobro daquilo que me desejam.

    ResponderEliminar
  13. És uma "mãos abertas" não haja dúvida. Livra, o melhor é eu desejar-te muita saúde e sorte para tu TRADUZIRES isto à tua maneira.

    ResponderEliminar
  14. Quem diz a verdade não merece castigo e eu digo tanto a quem gosta de mim,como aos que me querem ver com uma perna partida!!!
    Mas não rogo pragas (não sei fazer isso e acho feio).
    Portanto se me desejas muita saúde que tenhas o dobro da minha...
    Mas eu sou boa pessoa a sério que sou,mas sou humana....tenho um lado mais chato.

    ResponderEliminar
  15. Eu também tenho, apesar de ser Sagitariano. Eu sou dos que prezo muito a minha liberdade e não permito que alguém se esqueça disso. E sou assim em tudo. Por isso mesmo é que eu gosto destas quadras:

    Trás cinismo, meu rapaz
    E no mundo serás gente
    Porque aquele que o não trás
    Comem-no... cinicamente.

    Faz-te lobo traiçoeiro
    Inteligente e astuto...
    Se dás a ver que és cordeiro
    Não vives mais um minuto.

    Como podes ver também não sou nenhum santo.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall