domingo, março 31, 2013

Fim dos Rascunhos.

Os Rascunhos chegaram ao fim, tiveram o seu tempo nestes quase 3 anos oficiais e 4 anos dos mesmos mas não tanto oficiais.

Segue-se uma tempestade. Uma tempestade de ideias, confusões, conclusões e opiniões. Uma tempestade de imagens, sons, citações e expressões. Uma tempestade de tudo, outra de nada outra de coisa nenhuma.

Mantenham-se por cá, porque apenas o nome muda, quiçá adapta-se mais e melhor à essência do estaminé e de quem nele escreve. Porque sim, e porque a minha cabeça é "uma tempestade de ideias".



sábado, março 30, 2013

Páscoa Feliz!!!!

Alentejanices

O facto de ter muitas costelas do Alentejo constata-se muito na minha comida preferida. E as ditas costelas vêm ainda mais ao de cima, praticamente que gritam na época pascal.

Para mim a essência da Páscoa, o principal da Páscoa é o belo do Borrego.
Este ano para além de estar com uma dor de dentes, não vou poder fazer a vontade às minhas costelas.
A Páscoa para mim é borrego assado no forno, ensopado de borrego com pão alentejano maravilhoso. Adoro o sabor do Borrego.

Mas se o Natal é quando o Homem quiser, o dia de comer borrego também o há-de ser.



(Também comemos vitelos apesar de serem fofinhos).

sexta-feira, março 29, 2013

Gosto disto (1)



Porque os gestos, esses valem muito mais do que mil palavras.

quinta-feira, março 28, 2013

Coiso

“Não vou antecipar nenhuma resposta do TC, aguardarei a decisão que vier no acórdão. A única coisa que posso dizer é que vivemos tempos históricos e não nos devemos distrair”, disse Passos Coelho. E logo depois acrescentou: "Todos nós temos responsabilidades na forma como lidamos com isso: tem o Governo, que não se pode distrair com aspectos menores, as instituições democráticas todas, o Parlamento, que tem de ter responsabilidade, o TC, que também tem de ter responsabilidade nas decisões que vier a tomar e no impacto que elas possam vir a ter no país."

Eu não percebo nada do assunto, limito-me a dar a minha opinião, que é bastante simples.
Num ESTADO DEMOCRÁTICO a lei que nos rege está acima de toda e qualquer política. Assim sendo, fazer pressão sobre o Tribunal Constitucional é assim, um bocado....coiso.
Um bocado coiso, porque a Lei que nos rege a quem devemos obedecer não pode ser chamada à responsabilidade, e nem quem a vai fazer aplicar.
É um bocado coiso porque para mim esta declaração é inconstitucional, quase anti-democrática.

Uma fotografia por dia (35)/Que ando a fazer

Desde 2ª feira que assumi as funções de turista e de "guia turístico  (conste que tenho competências para ambas as funções).



quarta-feira, março 27, 2013

Comentadores

Todo e qualquer "ex politico" que comente a situaçao do país na tv está a fazer política, a vender o seu peixe. Comentadores "ex-políticos" não são de forma alguma imparciais, nem aqui nem na China.

Na minha óptica, Sócrates não escapa de forma alguma à minha opinião. O facto de dizer que não está de forma alguma a voltar à politica, que não tem pretensões de, mostra precisamente o contrário. Foi o que percebi nos poucos minutos em que vi a entrevista (mais que suficientes) e pelo que li aqui e aqui.

Por duas razões: já lá vão dois anos desde a crise política de 2011, havendo elementos para fazer análise mais distanciada. Por outro lado, era o momento de falar porque não aceito ser confrontado com todas as acusações dos adversários. Era uma narrativa sem contraditório. Chegou a hora de dar o meu ponto de vista"

Além do mais veio para começar por limpar a sua imagem. Para isso fez algo muito simples: afirmou que nunca quis a ajuda do FMI, e nas entrelinhas afirma que o culpado é o PSD.

Questionado acerca da imagem que tem do país, diz: "As consequências da crise política estão à vista". "Há outro embuste na narrativa: dizerem que o que estão a aplicar é o memorando assinado pelo anterior governo. É desculpa de mau pagador de quem não quer assumir as suas responsabilidades", defende, dizendo que o atual governo nunca aplicou o memorando inicial, devido às alterações que vêm sendo aplicadas após cada avaliação da troika. "Isso não aconteceu na Irlanda", diz, defendendo que o atual governo mudou o memorando "por sua própria iniciativa". O memorando não tinha o corte do 13.º mês ou do subsídio de férias ou aumento do IVA da restauração para taxa máxima ou aumento brutal de impostos, afirma. O ex-governante acusa depois o jornalista Paulo Ferreira de estar a fazer a defesa do governo. "Quando se muda de forma tão significativa, o memorando nada tem a ver com o anterior", conclui.

Parece-me ainda que Sócrates vive num outro país, ou num outro planeta.

Não aceito que responsabilizem a ação do governo socialista pela crise internacional", diz. "Nega responsabilidades?", perguntam-lhe. "A nossa gestão da crise teve as suas consequências", admite. "Foi a crise que levou à dívida e ao défice. Não o contrário", defende. "Assumo todas as responsabilidades da minha governação, não aquelas que me querem imputar". "É um embuste que se diga que foi a ação do anterior governo que levou ao pedido de ajuda externa.
E pelo caminho lavou-se uma roupa suja.

Quanto às críticas do presidente Cavaco Silva, que o acusou de falta de deslealdade institucional, José Sócrates diz que acha "extraordinário" esse comportamento. E acrescenta: "Não reconheço ao senhor presidente da República autoridade moral para dar lições de lealdade institucional". E acrescenta: "O problema do senhor presidente da república é que sempre usou dois pesos e duas medidas ao tratar com este e o anterior governo". "Na minha altura, achava que havia limites para os sacrifícios", defende, acusando Cavaco Silva de se ter assumido como um opositor ao Governo. "O senhor presidente da república, se queria intervir, promover, evitar uma crise política, teve tempo para o fazer. Mas o senhor presidente da república, não teve interesse nisso. O discurso foi de oposição ao governo, fez de tudo para provocar uma crise política. A crise política foi, de certa forma, despoletada pelo senhor presidente da república", defende. Depois, mostra estranheza por haver pessoas que não percebem porque é que o presidente "não faz nada". "Esteve na origem desta solução política, é um patrono desta nova solução política. Está vinculado a esta solução política, e isso vê-se facilmente na duplicidade de critérios com o anterior e este governo".

terça-feira, março 26, 2013

Trocos

Ontem bebi aquele que foi muito provavelmente o café mais caro de toda a minha vidinha.
Paguei 1.50 € por um café na esplanada da Brasileira!!! 300 escudos por um café!!

Senhores: 1.50 € é dinheiro, não são trocos!!!

E continuando na onda dos "trocos", 10€ para ir ver a exposição da Joana Vasconcelos no Palácio da Ajuda é muito caro!!! Principalmente quando se sabe que aumentaram para o dobro o preço da visita ao monumento.

Apesar de estar taxada a 6%, a taxa mais baixa de IVA, a cultura neste país é um luxo, a que só os mais ricos têm acesso. Os "pobres" estupidificam, tornam-se burros.

sábado, março 23, 2013

Pânico

Como gerar o pânico no facebook de forma acidental e sem qualquer intenção disso:


Passados uns minutos e ao rectificar-se a situação, conclui-se que provavelmente metade da minha rede social ficou em estado de choque. Conclui também que têm mais pressa em ver-me noiva ou vias de, do que a visada no assunto (eu). 

(Fui apenas "acrescentar família)....

sexta-feira, março 22, 2013

Buscas

“De acordo com a mitologia grega, os seres humanos foram criados originalmente com quatro pernas, quatro braços e com duas faces. Temendo o seu poder, Zeus separou-os em duas partes, condenando-os a passar as suas vidas na procura da sua outra metade.”

Platão

Há quem encontre, e há quem passe toda uma vida na busca da alma gémea.
Há os que resistem, os que desistem, os que esperam e desesperam nesta procura que muitos tornam incessante  como um objectivo de vida, o supra-sumo da existência.
Mas mais do que procurar pela metade, há que viver.

Pois...

Uma modelo Colombiana afirma que comer frango transforma as crianças em homossexuais.
Tendo como base esta afirmação, deduzo que os comunistas comem criancinhas ao pequeno-almoço.
Oh mentes pequenas e preconceituosas!!!

quinta-feira, março 21, 2013

A minha terra tem/ Uma fotografia por dia (34)

A minha terra teve uma agência funerária que fechou pela falta de clientes, teve um café central que era também um misto de casa de alterne, teve duas associações recreativas no tempo da "velha senhora".
A minha terra tem um largo da igreja, a igreja, o sino da igreja e o coreto.
A minha terra tem beatas e carpideiras que marcam ponto em todos os funerais, tem também o muro da vergonha ou correio da manhã.
A minha terra tem pinhais em redor e o mar a 2 km.
A minha terra tem as cuscas de serviço, dispostas a darem á língua por todos os motivos e mais alguns, ou mesmo sem nenhum.
A minha terra tem cerca de dez cafés, dois mini mercados, e 2 lojas de pronto a vestir.
A minha terra tem um edifício construído para um banco que entretanto fechou.
A minha terra tem uma estrada principal, uma Rua heróis do ultramar e uma Rua 25 de Abril, bem como uma 1º de Maio.
A minha terra tem um sacristão, tem procissões, tem a visita do padre pela páscoa que vem abençoar a casas.
A minha terra tem gente ciosa da sua vida, ciosa da vida dos outros, ciosa de coisa nenhuma.
A minha terra tem os "recebedores" do RSI que bebem minis e mais minis ao fim do dia na associação recreativa.
A minha terra tem festas de verão, bem como tem o esgroviado de serviço que entra e sai de todos os cafés e lojas após cansar a cabeça das pessoas.
A minha terra tem ruas, ruelas, becos e lavadouros.
A minha terra tem domingueiros, muito bem vestidos, tem outros tantos que nesse dia desempoeiram as farpelas do século passado.
A minha terra tem emigrantes, imigrantes, desempregados e "recebedores" do RSI.
A minha tem cabovisão, mas não tem nem Zon e nem Meo.
A minha terra tem uma estrada do cemitério com uma rotunda a meio, tem um túnel e tem terreolas em redor dela.
A minha terra tem "azedas" e campos com flores.
A minha terra tem uma escola primária das "antigas", e um parque infantil que foi destruído.
A minha terra tem vivendas, casas grandes e casas pequenas.
A minha terra tem um apeadeiro e paragens de autocarros.
A minha terra tem gente de "todos os tamanhos e feitios".

A minha terra tem sanitas.
A minha terra tem vasos dentro de sanitas.


Indignada

Entrámos em época de eleições. Este ano teremos com certeza umas eleições Autárquicas, para o próximo ano serão as Europeias. Como entrámos na época, os jogadores perfilam-se, querem ocupar os seus lugares, recuperarem o seu "ganha pão", voltar a aparecer nos media.

A prova de que entrámos na época de eleições está à vista. Está tudo a querer recuperar o lugar perdido, testar o quanto é "estimado" e tido em linha de conta pelo "povo português", aquele não só comeu e calou, mas que também permitiu que acontecesse o que hoje é criticado, que tolerasse o que hoje é intolerável.

Primeiro Jorge Coelho que se demitiu do Conselho executivo da Mota-Engil, que admitiu que se sentia bem ao voltar para a política.
Depois Fernando Nobre (a fraude política e apartidária, que afinal de contas foi e é partidária), que é amigo de Pedro Passos Coelho.

Agora José Sócrates pretende voltar a entrar no esquema sendo comentador político da RTP!!! Mesmo que não cobre nada pelo "acto" de comentar, é o nosso dinheiro que vai pagar pelo menos as viagens do excelentíssimo comentador (a contribuição audiovisual que pagamos todos os meses é para a televisão pública, caso não o saibam!!)
E mais, o que me enerva e me mete nojo, não é tanto o convite feito, mas o facto de este o aceitar!!! Caramba, isto é uma pouca vergonha, uma lata enorme!!! Este caramelo licenciou-se a um domingo,deu a estocada final para termos o FMI a governar-nos.
Depois de demitido, foi levar uma boa e santa vida de estudante à nossa conta para Paris para estudar Filosofia Política!! Agora quer voltar para Portugal, a título de trabalho pro bono, para nos iluminar e elucidar com os seus brilhantes e sagazes comentários sobre a situação actual do país, para a qual ele contribuiu e muito???
A minha alma está parva com esta falta de vergonha e esta lata enorme!!

Mas esta gente pensa que nos continuamos a tolerar as mesmas pessoas, as mesmas histórias e os mesmos jogos?? 
Acham que vamos continuar a dar os tachos a todos que nos arruinaram??
Acham que continuamos a acreditar nestes políticos de mesa de cabeceira como os salvadores da pátria??

Eu só quero José Sócrates no meu país e no meu ecrã de televisão quando for julgado por toda a gestão danosa de que foi autor, por todos os escândalos em que esteve e está envolvido!! E não são poucos senhores, não são poucos! Começa-se pela "licenciatura" ao domingo, segue-se para o Freeport, apanha-se o Face oculta e ainda se juntam outros tantos que culminam dívida com que nos deixou!!!

quarta-feira, março 20, 2013

Dia Internacional da Felicidade

"(...) Neste primeiro Dia Internacional da Felicidade, vamos reforçar nosso compromisso com o desenvolvimento humano inclusivo e sustentável e renovar o nosso compromisso de ajudar os outros. Quando contribuímos para o bem comum, enriquecemo-nos a nós próprios. A compaixão promove a felicidade e ajudará a construir o futuro que queremos.”


Pessoalmente, (mesmo sabendo que é um bocado utópico), gosto de pensar que se estou feliz, os outros em meu redor também o estão, e sim sou daquelas pessoas que fica feliz com a felicidade dos outros.

Ecletismos

Isto de ser estupidamente eclética às vezes é uma chatice pegada.
Estou a tirar esta brilhante conclusão por estar a visualizar mentalmente a lista de escritores que me hão-de vir preencher a estante.
A saber:

Lesley Pearse (Nunca digas Adeus, Sonhos proibidos)
Ken Follet (Os pilares da terra)
Haruki Murakami (Para estrear)
Julia Navarro (Diz-me quem sou)
Luis Miguel Rocha (A filha do Papa)

Sabia-a toda

A minha avó é que a sabia toda. Passava a vida a dizer que "aqueles astronautas, aqueles homens que andam lá em cima a mexer na lua e nos aviões, é que são os culpados disto tudo!!"

A prova é que mudaram o início da Primavera...
Em vez de começar a 21 (amanhã), começou hoje dia 20.
Esta gente anda toda trocada....mudarem as datas às coisas...


terça-feira, março 19, 2013

Já agora

Voltamos ao tempo da escravatura???

Trabalhar de sol a sol, jorna a jorna??
Voltar ao tempo da mão de obra barata e explorada??

Assim por alto, dá para entender como é o 3º mais rico do país...

E é isto

O meu pai é o meu melhor amigo, o homem da minha vida, o meu porto de abrigo.

Limpezas

Acho que se pode estabelecer uma comparação entre as porcarias que temos no computador e as que temos na nossa cabeça.

Pensamos que temos pouco lixo, que temos muito espaço no disco, mas quando vamos ver a coisa tanto o disco do computador, como o da nossa cabeça estão cheios de porcarias e de coisas que não nos fazem falta nenhuma.

E de vez em quando urge fazermos uma limpeza ao disco, ao nosso disco interno e também ao disco interno no computador.

segunda-feira, março 18, 2013

A beleza das coisas simples

Atrevo-me a dizer que as coisas simples são as mais belas.
Sem artefactos ou floreados, são as que mais rapidamente fazem transbordar emoções. Pelo menos as minhas...eu gostos das coisas simples, e até costumo dizer que são simples, práticas e eficazes. 
Assim como tudo na vida deveria ser: simples, prático e eficaz. Provavelmente esta minha forma de idealizar como tudo deveria ser, advém do meu sentido prático e directo, quiçá frontal de como tudo deveria ser.

E penso que se todos fizéssemos a apologia do simples, prático e eficaz, tudo seria mais fácil.

Simples, prático e eficaz como isto:


domingo, março 17, 2013

D. Sebastião

António José Seguro considera-se o D. Sebastião da política, aquele que vai aparecer numa manhã de nevoeiro montado no seu cavalo branco e nos salvar da crise, da troika, do FMI, dos resgates e por aí adiante.

Mas a mim não me engana, porque pura e simplesmente há algum tempo que já deixei de acreditar em D. Sebastiões na nossa política. 
António José Seguro e Pedro Passos Coelho são iguais na diferença. A diferença é a partidária, a igualdade é a forma como ambos foram crescendo politicamente. De jotinhas passaram a líderes das respectivas juventudes partidárias e rodeando-se das pessoas certas tornaram-se líderes dos respectivos partidos. Um é o actual 1º ministro, ao outro falta somente esse cargo para ter um bom curriculum político, para ter a cereja no topo do bolo.

Curriculums profissionais coerentes, feitos na estrada, a trabalhar, nenhum deles tem. São políticos de mesa de cabeceira, que julgam que apenas por usarem umas palavras chavão conquistam as boas graças de um povo, que está farto de ver e de ouvir a mesma coisa, dita pelas mesmas pessoas.

O Português cada vez menos vai em filosofias baratas sobre política, em políticos de trazer por casa, em quem diz o que supostamente queremos ouvir. 
Filosofias e palavras bonitas já não nos chegam. É necessária atitude na e para a política. Pessoas que venham directamente de nós, que saibam verdadeiramente como somos, que estejam na política por verdadeiro gosto. 

Destes, estamos nós fartos...até à ponta dos cabelos. Deputados e políticos já previamente escolhidos, treinados e trabalhados. 

E eu para este peditório, para a causa do D. Sebastião não dou. Nem para este D. Sebastião nem para nenhum da mesma estirpe.

Enquanto dormiam

Enquanto os Cipriotas dormiam, o eurogrupo decidiu que o Chipre ia ser alvo do plano de resgate no valor de 10.000 milhões de euros. Enquanto dormiam os Cipriotas foram literalmente roubados. O acesso às suas contas foi bloqueado e foi retirado dinheiro dessas mesmas contas:
um imposto extraordinário de 9,9 % sobre os depósitos acima dos 100.000 euros e de 6,7 % para os valores abaixo.
Os Cipriotas foram assaltados enquanto dormiam. Isto é um crime, apenas e simplesmente um crime, feito e ordenado pela UE e seus adjuvantes.

E vendo o que aconteceu no Chipre só me leva a crer que um dia destes também nós podemos acordar e não termos acesso à nossa conta bancária, ao nosso sustento. Tudo isto porque alguém decidiu que também iriamos dar uma percentagem do nosso dinheiro, sem sequer nos perguntarem se estávamos dispostos a tal.

sábado, março 16, 2013

Bicho papão


A minha espécie de bicho papão é o gene da doença bipolar. Viver-se com alguém que é portador da dita ao mais alto nível e com uma série de agregados, ou como eu chamo "a sorte grande e a terminação".

Por eu saber dos riscos que existem pela carga genética envolvida, dos "sintomas" inerentes a qualquer uma das crises, e por ter que estar bastante atenta, sempre tive o receio de ser bipolar. A isto acresce o facto de ser uma gaja nervosinha, bastante nervosinha, de ter dias bons e menos bons, sentir-me "alterada dos nervos". 
Contudo sempre soube que não o era. Deve ser o raio do meu instinto..até porque tive e tenho a real noção de que se o gene da bipolaridade tivesse acordado em mim, já estaria desperto e com pujança há muito muito tempo.

Mas afirmo que sinto uma sensação de alívio quando os especialistas me dizem o mesmo ( e se eu sou chata com isto). É um respirar fundo e de alívio quando me dizem que não o sou e que nunca serei bipolar, que o gene não acordou em mim, que se fosse bipolar já o seria há muito tempo, mas que teria o discernimento necessário para saber lidar com o bicho papão.





sexta-feira, março 15, 2013

Uma fotografia por dia (33)

Trouxe-los da biblioteca para os ir lendo. Ao lado, tenho o meu caderno verde para ir apontando...



quinta-feira, março 14, 2013

Fardas

Não entendo o fascínio/tara do mulherio pelas fardas, nomeadamente pelos homens que as vestem...
Pensamento histérico com olhar meio de louca "Ahhhh....um homem de farda!!!Meu deus que pecado!!!"

Homens de farda são como os homens da fato e gravata que vemos por aí....podem aparentar muito bom ar, serem um colírio para a vista, mas em dias normais, sem o fardamento são para esquecer. São uma ilusão e desilusão.

E o culpado do fascínio do mulherio?
É este...


quarta-feira, março 13, 2013

Habemus papam (2)

Muito sinceramente esperava alguém mais novo, mas "acertei" no palpite de que não era europeu.
Pelo que fui lendo, moderado e conservador q.b. mas defende a importância das nossas escolhas individuais.

Bom comunicante e orador. Um pensador jesuíta do "novo mundo". Outra forma de viver, de pensar e de estar, muito longe do que estamos habituados, um para fora de Roma, do Vaticano. Muito provavelmente com um outro olhar sobre o mundo, talvez com um sentido mais prático da coisa. Alguém que me parece mais próximo das pessoas, pelo menos a avaliar pela forma como falou com a multidão.

Para promover as mudanças necessárias na igreja (ou pelo menos para iniciá-las), não é necessário um pontificado longo, mas sim um pontificado "forte". E o nome escolhido parece ser indicador de que vão existir mudanças na igreja, ou de que se vai começar a trabalhar para isso. Francisco, apenas Francisco (sem o I ).


Habemus papam (1)

Eleito a um dia 13, acabei de ler um comentário no facebook que diz o seguinte:

13/03/13
333
1+1=2
333x2=666

A marca da besta, o Anti-Cristo eleito hoje em Roma.

O dia de hoje para os "entendidos" na conspiração tem muito que se lhe diga....

Efeito coca-cola



Primeiro estranha-se....depois entranha-se.

terça-feira, março 12, 2013

Make your bets

Sobre o conclave e o novo papa, acho que vai haver uma surpresa, o papa não vai ser europeu.
E a minha aposta vai para um destes cardeais.


Sobre o histerismo das Beliebers

Howard Donald - Take That


Podem empacotar e enviar para mim por favor.

Tenho para mim que podia ser uma espécie de Maya, ou de um Paulo Cardoso.
Isto porque o meu instinto e intuição raramente me enganam, falham ou traem.
E o sacana voltou a acertar.

Podia fazer uma catrefada de dinheiro com uma espécie de consultório de astrologia, de "instintonologia", ou de "intuiciãonologia". 

domingo, março 10, 2013

Pequenas considerações

Tomei conhecimento da petição aqui, depois fui ler sobre ela aqui e aqui, e depois não resisto a tecer umas pequenas considerações.

Se a minha liberdade termina onde começa a liberdade de outro e vice-versa, tenho a dizer que socialmente ainda vivemos numa democracia. Se ainda vivemos numa democracia ainda bem que existem petições com mais de 5000 assinaturas e que já foram entregues na AR. Agora gostava mesmo que me justificassem todo o retrocesso social pretendido com esta petição!!
Ler esta petição e cada uma das leis que querem revistas, dá-me vontade de rir...

Mas li que um dos motivos para esta petição ser feita é o facto de ter sido aprovada em governo PS...será que a "esquerda" é contra a moral e os bons costumes, ou as convicções não escolhem partidos e lados?? Acham que por ser um governo de "direita" (os grandes valores tradicionais), que estas leis vão ser todas revogadas?

Vamos andar para trás o que avançámos em 40 anos de democracia??
É retrocedendo que o estado social vai ficar mais sustentável e se defende um futuro que se quer de todos a para todos? Estigmatizando e dividindo ainda mais a sociedade?

Mas estes seres da sociedade (tal como eu), pensam que podem revogar meia duzia de leis com a premissa " governamental"?
Implementa-se um óvulo e um espermatozoide por casal para a fertilização in vitro?
Proíbe-se o aborto pela nobre história que é matar uma vida humana? Será que essa vida humana tem vida aqui fora?
Vamos voltar ao tempo em que só os homens pedem divórcio?
Educação sexual não, porque leva a comportamentos "promiscuos"?
Rotular homossexualidade como doença?
Estigmatizar o ensino?

Pl'amor de deus...a lei do aborto foi referendada em 2007 (pela segunda vez), votada por nós. Eu escolhi essa lei, decidi sobre essa lei. E por esse facto, ter sido votada pela população já significa algum avanço moral e social neste país de brandos costumes.

É o que se pretende da sociedade no Portugal socialmente democrático no século XXI?
Voltar ao tempo de Deus, Pátria e Família?
Tudo pela nação, nada contra a nação??

Caramba, eu penso que apesar de tudo, ainda vivo num país socialmente desenvolvido, onde as nossas convicções e resoluções são socialmente aceites por outros, embora moralmente contra. Em que termos morais estamos no século XXI, não em meados do século passado.

Para espécies de ditaduras já me bastam a "económica", uma "ditadura social" não, obrigada. Dispenso-a bem, seja em que moldes for.

sábado, março 09, 2013

Eu explico



Dar uma queca mágica é muito, muito fácil. Eu passo a explicar, usando o seguinte diálogo entre pessoa X e Y:

Pessoa X  - " Queres dar uma queca mágica?"
Pessoa Y- " Como é que é isso?"
Pessoa X - " Damos a queca e depois desapareces!!"

Percebido, ou ainda há dúvidas?


sexta-feira, março 08, 2013

1ª dose

Começei hoje a dose de vitamina p. Confesso que fiquei mais descansada por ter mais um médico/especialista/alguém entendido a dizer-me "Inês, se o gene até agora não despoletou, você descanse porque não vai despoletar." Confesso que já sabia, mas é daquelas questões e daqueles medos que coloco sempre, mesmo já sabendo qual é a resposta.

E os 60 minutos passaram a correr. Mas senti-me bem, apesar de sentir que sou uma panela de pressão por vezes prestes a fazer piiiiiiiiiiiiiiiiii e  a rodar o pipo, de me achar uma bolha quase a rebentar, de sentir a cabeça quase a fazer bum!!! E não precisei que isso me fosse dito, ou mesma o disse.

E nesta cabeça vai também uma amálgama de confusões, pressões, interrogações e mais coisas acabadas em ões. E por tanta amálgama que tenho, sei que vou ter ali um caminho longo a fazer, sou a primeira a admiti-lo e a confrontar-me com esse mesmo caminho.
Sim...porque tenho um discernimento bom para estas coisas, e valha-me o discernimento, valha-mo bem.  

Happy Day

Feliz dia da mulher!!!
Mas mulher que é mulher, daquelas a valer e a sério, não precisam de datas específicas. Tornam seus os dias que bem querem e que lhes apetece.

quinta-feira, março 07, 2013

Uma fotografia por dia (32)


Possesões

Penso que tenho uma televisão possuída pelo demónio.
A bicha não pára de sintonizar canais que já estão sintonizados. Além do mais não me obedece quando eu a coloco em AV para a box funcionar. Vai para o tv, aumenta de som sozinha e liga-se por auto recriação.

Já apanhei uns cagaços à conta deste assunto.
Alguém me pode recomendar um exorcista??


Desculpem qualquer coisita

Se há coisa que me irrita solenemente é sentir-me disléxica a escrever, ou mesmo burra. Nestes últimos tempos ando nessa fase. Para escrever ou comentar um post, tenho que teclar devagarinho como se estivesse a aprender a escrever. E ainda dou por mim a olhar para palavras e textos com erros mas sem entender onde está o erro. 
E isto irrita-me solenemente, porque tenho que ser um  autêntico revisor da minha própria ortografia, construção frásica e pontuação.
Posto isto, desculpem qualquer coisita se aparecerem erros nos comentários que vos deixo. O revisor ortográfico não funciona a 100%.

Isto faz-me sentir irritada, estupidificada e burrita....Essa é que é essa.

quarta-feira, março 06, 2013

Autistas

Temos mais uma vez a certeza de que somos "governados" por gente autista, quando o primeiro ministro afirma que seria sensato baixar o salário mínimo nacional para assim gerar emprego.

Quer-me parecer que esta "medida" de baixar o salário mínimo nacional, vai constar nas medidas de se corte de 4 mil milhões de euros.

E já nem me atrevo a pensar "onde isto vai parar", porque é cada vez mais notório o que vai acontecer. Ou mudam-se as políticas ou este governo caí. E aponto para a queda.

Moods

Que eu faço parte dos "agarradinhos" a música, já se sabe.
Que fiquei deslumbrada com o mundo de aplicações para o Android, também disse

Descobri esta aplicação destinada aos "agarradinhos" à musica através da Sininho.
Já andei a testá-la e gostei bastante. Basicamente podemos ouvir músicas relacionadas com o nosso estado de espírito (moods), criar os nossos favoritos, playlists e semelhantes.
A partir daí é desenvolver e ouvir música consoante o nosso estado de espírito, o que gostamos. E ainda se descobrem umas coisas giras.



Lisboa e Turismo

O vídeo promocional de Portugal de 2013 é a pior coisa que vi nos últimos tempos. Ao invés de nos mostrar como um povo que sabe receber como ninguém, um povo acolhedor, harmonioso, simpático, acessível, mostra-nos como uma cambada de criados.
Basicamente é essa a minha opinião. Uma coisa é mostrar o receber bem e o bem receber, outra coisa é olhar para o vídeo e pensar sou somos criados, mordomos, aias e camareiras.
E muito, muito dinheiro foi gasto para fazer um vídeo que mostra as nossas qualidades como subservientes. Mais um pouco e era colocar Pedro Passos Coelho e Vitor Gaspar a servirem chá e bolinhos a Ângela Merkel.

Contudo, Lisboa é a melhor cidade do mundo com uma boa relação qualidade-preço, a terceira melhor a saber receber. E neste momento Lisboa, concorre a melhor destino turístico Europeu, já o tendo sido em 2010 e o Porto foi em 2012.
O sistema de votação, é simples: basta clicarem aqui e votarem em Lisboa.
Termos uma cidade Portuguesa como melhor destino Europeu prestigia-nos. O Turismo é um dos motores da nossa economia (apesar de estar esquecido), e esta vitória trará retorno e caramba alimenta o nosso ego.
Alimenta muito mais do que o dito vídeo do Turismo de Portugal.

terça-feira, março 05, 2013

Faltas e culpas

Há quem faça mais falta, há quem faça menos.
Há piores e há melhores.
Hugo Chávez não era dos piores, mas também não era dos melhores. Estava muito longe disso.
Morre e os culpados são os Americanos?? 

O que espero mesmo é que os Venezuelanos acordem para a vida.







Palminhas

E sai uma grande salva de palmas para o Senhor Fernando Loureiro!!

“Vocês ganham 20 e 25 mil euros. Há pessoas com 300 euros. Há crianças que não comem e vocês estão aqui a reivindicar”, protestou Fernando Loureiro. “Ao longo destes anos capitalizaram. Desculpem lá. Isto é uma fantochada”, acrescentou.
(...)
“Isto revolta-me. Trabalhei lá e estes gajos adulteravam balanços das ‘offshores’ para apresentar lucros para depois dividirem a maquia entre eles. Eles já ganharam muito dinheiro”, apontou o bancário reformado.


Fonte: www.rtp.pt

segunda-feira, março 04, 2013

Descontracção

Forma atípica ou pouco típica usada por mim descontrair:
Ligar o computador.
Abrir o youtube.
Ligar os auscultadores ao computador.
Procurar os meus guilty pleasures no youtube.
Colocar os auscultadores nos ouvidos.
Cantá-los até me cansar.

domingo, março 03, 2013

Faz-me uma espécie

Foi criado o movimento dos reformados indignados.
Até aí tudo muito bem. Todos os reformados estão a levar com cortes e os bancários não são excepção.

Contudo, o que me faz uma espécie é o presidente do movimento: Filipe Pinhal, ex-administrador e ex-presidente do BCP, acusado de auferir uma reforma de 70 mil euros mensais, e como cereja no topo do bolo envolvido em processos judiciais relacionados com off-shores pela manipulação de acções do "seu" banco.

Será que vice-presidente vai ser Jardim Gonçalves?

Inteligência

Mais de um milhão e meio de pessoas manifestaram-se ontem em quarenta localidades por todo o país.
O facto de termos conseguido fazer uma manifestação pacífica, não mostra que somos um povo de brandos costumes e morno, quiçá com medo das consequências.

Muito pelo contrário, a manifestação de ontem só veio demonstrar o quanto nós Portugueses, apesar de apresentarmos rostos tristes e sisudos, de estarmos em desespero somos e seremos inteligentes.
E este sinal, a nossa inteligência só vem demonstrar que não andamos a dormir, bem como que gestos e atitudes de tensão e agressivos só iriam dar força a quem nos está a agredir.

Posto isto, sinto orgulho em ser Portuguesa

sábado, março 02, 2013

2 de Março

Cheguei às Caldas vinda de Lisboa a tempo de estar uns minutos na manifestação. Podia ter ficado por Lisboa e estar o meio milhão de pessoas que encheu o Terreiro do Paço, mas não pude. Mas não é preciso estar-se no meio das massas para se sentir que a meu lado, atrás de mim, e à minha frente está gente que pede o mesmo que eu peço: dignidade.

Também não é preciso estar no meio da multidão, para sentir um aperto por cada vez que ouço a Grândola Vila Morena.

Contudo admito que senti um misto de sensações ao cantar em coro a Grândola Vila Morena. Uma sensação de liberdade, misturada com uma tristeza e angústia enormes por estar e me ver rodeada de pessoas que perderam o que lhes é inerente por direito: Dignidade. 

Há qualquer coisa embutida na voz de Zeca Afonso que nos ansiar pela nossa liberdade e dignidade enquanto pessoas.
E independentemente dos nossos ideais e crenças políticos há que lutar por uma dignidade a que temos direito, que não escolhe nem lados e nem cores políticas e partidarismos.

11

Com um temperamento especial, mas com um coração enorme para aqueles de quem gostava e amava.
Com uma postura fechada mas com um sorriso do tamanho do mundo para os seus. Com uns olhos azuis lindíssimos, mãos que fizeram obras de arte.
Sempre carinhoso e preocupado mesmo que ao seu jeito, feitio e modo peculiares.
Passam hoje 11 anos...como o tempo corre avô.
Contudo, sei que seja lá onde estejas estás comigo e connosco.
E verdade seja dita acredito que estejas contente com o meu "trabalho" aqui.
O tempo passa, mas a saudade fica.
E com a saudade, fica sempre um brilho nos olhos e um sorriso enorme por cada vez que surges na minha memória.

sexta-feira, março 01, 2013

Amnésia

Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia e ex Primeiro Ministro Português, afirma que Portugal é o culpado da crise.
Pois bem, parece-me que Durão Barroso sofre de amnésia, ou começa a apresentar sinais de senilidade precoce.
Esqueceu-se de que na sua legislatura foram feitas as obras megalómanas apara o Euro 2004, cujo prejuízo foi elevadíssimo. Esqueceu-se de que abandonou o "barco" tendo a plena consciência da má situação em que o país já se encontrava para assumir o nobre cargo que exerce actualmente exerce.
Esqueceu-se ainda de que foi no Governo de Aníbal Cavaco Silva (Psd) que o país teve uma entrada gigantesca de fundos comunitários, que se terminou com a agricultura, em que nossa zona económica exclusiva e a nossa quota nas pescas foi praticamente arruinada. Posto isto, recomendo que Durão Barroso consulte um neurologista o quanto antes para tratar da sua amnésia e possível senilidade precoce.

© Brainstorming
Maira Gall