domingo, outubro 24, 2010

24/10/10

O meu avó Zé tinha feito 96 anos em Setembro....E já se encontrava num estado que era um misto de sofrimento com um quero ir embora,já estou farto de aqui estar.
Nós nunca quisemos que ele sofresse nos últimos tempos de vida, e hoje foi-nos feita a vontade.A nossa de não o ver sofrer,e a dele de ir ter com a minha avó Maria.
Estamos sempre mentalizados mas nunca estamos preparados...
É uma sensação de alívio e de dor tudo o que sinto neste momento.
Dor por ter perdido o meu único avô.
Alivío por saber que não o vamos ver sofrer.

6 comentários

  1. Aqueles que amamos nunca partem sem que soframos. É o amor! Por isso os conservamos no coração! Força!
    Bjnhs

    ResponderEliminar
  2. Pode dizer-se que é uma boa idade para fazer a derradeira viagem. E se partem sem sofrimento, já é uma benção que só alguns tem direito. Eu sou dos que defende que deveriamos morrer com uma saúde de ferro. Vivíamos a vida que nos estava destinada e partíamos sem sofrimento.
    Que o teu avô descanse em paz.

    ResponderEliminar
  3. Nesses casos, é mesmo uma sensação de alívio, não vermos aqueles que amamaos em sofrimento. No entanto, custa sempre, porque fazem parte de nós, e da nossa vida.
    Um abracinho de conforto para ti.

    ResponderEliminar
  4. Oh... Inêzita, só me apetecia dar-te um abraço e um grande beijo.

    ResponderEliminar

© Brainstorming
Maira Gall