Expresso

segunda-feira, março 07, 2011

Hoje trouxe o Expresso para o estabelecimento hoteleiro.
Acabei agora de folhear as primeiras folhas e li o editorial do Ricardo Costa, a quem eu chamo um homem com tomates, uma vez que não tem medo de apontar o que está bem e está mal neste nosso cantinho à beira-mar plantado.
Vou transcrever somente o Post Scriptum do editorial que achei muito interessante e mostra o calibre das negociações feitas pelo nosso governo com as "democracias" africanas.

PS: para o caso de os portugueses que defendem a entrada da Guiné Equatorial na CPLP andarem distraídos, aqui fica a informação: o filho do ditador Obiang acaba de comprar o segundo iate mais caro do mundo, por 380 milhões de dólares. isto no país mais desigual do planeta, mas onde o nosso governo resolveu ir no ano passado num avião cheio de empresários dispostos a farejar petróleo. Quando este sinistro regime cair, porque também há-de cair, não se venham queixar.


Ah como eu adoro as negociatas feitas com estas "democracias" Africanas, Sul-Americanas e mesmo Asiáticas. Mostra que somos um país de pessoas bem formadas e com um profundo respeito pelos direitos humanos. E já agora porque não negociar com outra grande "democracia" como o Irão?

Com um dono tão bom e benevolente, não consigo entender o porquê de o Cão de Sócrates andar deprimido....

You Might Also Like

4 comentários