Apelo

sábado, julho 30, 2011

Eu faço parte da malta que se farta de trabalhar nas vossas férias. E custa trabalhar em Agosto, por mais que nos habituemos.São dias e dias que passam a correr e que passam ao mesmo tempo devagar.São horas e horas de trabalho, e pouco descanso. É receber e atender todo o tipo de pessoa, e fazer o possível para atender aos pedidos.
A malta que pega no batente não pede muito em troca ao cliente, não pede dinheiro por exemplo. Pede apenas simpatia e cordialidade, ou um pouco de bom-senso quando se fala com a pessoa que está a trabalhar.
Se forem de férias, ao entrarem num estabelecimento de hotelaria ou de restauração, lembrem-se que a pessoa que está do outro lado não é um serviçal, ou um criado para todo o serviço. Que o facto de estar ali, não significa que seja burro, que tenha o ensino básico ou médio, e mesmo que tenha isso não é relevante.

As pessoas que se esmifram a trabalhar para o vosso conforto, para que tenham tudo, são humanas. E exigem apenas em troca que se usem as seguintes expressões:
"Pode fazer-me um favor??"
"Importa-se de????"
"Por favor...."
"Se faz favor..."
"Obrigado..."

You Might Also Like

4 comentários