Indignação

domingo, outubro 16, 2011

Indigna-me a nova taxação do IVA, não me passa pela cabeça acreditar que um salário de 1000 € na Administração Pública é um bom salário, garante qualidade de vida e que por esse facto os "sortudos" vão ver-se sem Subsidio de Férias e Subsidio de Natal.E a justificativas dadas não servem, nem a mim e julgo eu que a ninguém
Indigna-me ler que desde 1974 o nosso salário mínimo subiu menos de 100 €, e revolta-me ver os nossos políticos, gestores, directores e administradores que acumulam salários milionários, ou abdicam destes em troca de reformas que também o são.
Indigna-me o facto de todos os dias ver injustiças, de desde 1974 existir um favorecimento dos que nos "governam", os tachos e as panelas de pressão, as cunhas, os bons veículos, e o arsenal tecnológico da Apple.
Indigna-me viver num país em que uma oposição politica de opõe porque fica bem, e não mostra e não apresenta alternativas. Indigna-me ver que vivo num país em que os nossos políticos, sem excepção estão mais ocupados em opinar contra isto, aquilo e outro, em gerar a confusão, do que em sentarem-se a uma mesa e pensarem em conjunto "ora bem. Como é que vamos resolver isto???"
Indigna-me ouvir dizer que temos que fazer sacrifícios, quando muitos não sabem o que significa a palavra, assim como não consta no dicionário da vida destes a palavra crise.
Indigna-me ver que os próprios militares estão prestes a manifestarem-se.
Indigna-me ver no facebook a imagem de um artigo de jornal onde está escrito que Salazar abdicou de 25% do salário. Foi um gesto exemplar, mas indigna-me terem que dar o exemplo de um ditador para uma questão destas. Salazar abdicou do salário, endireitou as finanças, e a minha família fez kms a pé para irem para a escola. 
Indigna-me ver que um prato de sopa é considerado um bem de luxo,enquanto que o golfe é um bem essencial.
Indigna-me ver muita personalidade que fala, fala e fala, não diz nada, mas não fundo quer e pede sangue.
Indignam-me as manifestações, as indignações, as greves, porque são o sinal vivo do que está mal. Indigna-me quem usa ou tenta usar a manifestação que me indigna pelo facto de ser necessária, para fazer propagar a violência. Mesmo que me digam que o que eu vi foi "manipulação", não deixo de me revoltar contra pessoas que querem tornar violento algo se quer pacífico. Violência gera apenas mais violência, nada mais. Gera destruição, sangue, horror e terror. E isso indigna-me e muito.

You Might Also Like

2 comentários

Popular Posts

Subscribe