Direitos e deveres

segunda-feira, dezembro 12, 2011


O ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares, diz que "no Rendimento Social de Inserção (RSI) devemos separar "o trigo do joio" porque os beneficiários do subsídio têm não só direitos mas também deveres, nomeadamente o de procurar trabalho de forma ativa e de desempenhar 'trabalho socialmente necessário', quando têm idade e capacidade para o fazer. Em declarações à Agência Lusa o ministro sublinha que é preciso que as pessoas tenham consciência destes deveres e que é por isso que os beneficiários vão passar a assinar um 'contrato de inserção', garantindo que quem precisa é que recebe o subsídio.



Apesar de não ter gostado mesmo nada da troca da vespa pelo Audi, concordo a 110% com esta decisão.
Se uma pessoa desempregada tem que andar na procura activa de emprego, e tem que a determinada altura aceitar o que lhe é dado sem reclamar, quem recebe o Rendimento Social de Inserção pode e deve-o fazer. E já deviam ter tomado esta iniciativa há muito tempo. Com certeza que a taxa de desemprego não seria tão elevado e nem o Estado teria os cofres tão vazios.


You Might Also Like

6 comentários