Sobre livros

quarta-feira, julho 25, 2012

Recuperei o prazer de ler há cerca de um mês. E com esse prazer recuperei o desprazer de acordar de manhã com menos horas de sono por ter estado a ler até tarde.

Assim, neste espaço de tempo "despachei" os livros "Frágil" e "Uma questão de fé" de Jodi Picoult (estavam há muito à espera que os pegasse neles), e li "Dona Maria II tudo por um reino", de Isabel Stiwell.
Sobre os primeiros, "Uma questão de Fé", foge da linha do que a escritora escreve....uma das coisas que é abordada é a palavra estigmas, e fico-me por aqui. O segundo está completamente dentro da leitura a que se está habituado e tem um fim que eu não esperava.


Quanto ao de Isabel Stiwell recomendo a leitura, O livro é semelhante aos anteriores. O Marcelo Rebelo de Sousa recomenda-o como uma biografia, mas eu considero que é um romance biográfico e histórico. Basicamente Dona Maria II teve um reinado cheio de revoltas, governou (não bem), e "vestia as calças". O desgraçado do Rei mandava na casa, opinava na educação dos filhos e dava ordens para a construção do Palácio da Pena. Recomendo o livro, mas se quiserem enquadrar bem o reinado no contexto histórico (como eu), ou forem meramente curiosos vão pesquisando o reinado dela, as guerras liberais, e as revoluções que se seguiram.


Como a vontade de ler não se foi embora, olhei para a minha estante e tirei de lá "As luzes brancas de Paris" de Theresa Révay. Só o li uma vez e quis relembrar-me da história. O livro foca as duas guerras mundiais e na minha opinião dá um bom contexto social do pós 1ª guerra mundial. O romance entre as personagens é delicioso o suficiente para eu já ter transcrito algumas das frases.

You Might Also Like

2 comentários