D. Duarte

segunda-feira, julho 29, 2013

https://www.facebook.com/OPensadorZarolho

D. Duarte Pio de Bragança, como pretendente ao trono de Portugal e zelador da moral e dos bons costumes, deve dormir com a sua esposa Dona Isabel apenas para procriar. E como bom nobre e tão antigo como a linhagem de que descende, já deverá ter ensinado os filhos mais velhos a tornarem-se homens como mandam o costumes. Seguindo os mesmos, a esposa já deverá ter explicado à infanta que uma senhora nunca se despe em frente a um homem e que a sua camisa de dormir deverá ter um buraco nas suas partes púdicas para que na noite de núpcias se possa consumar o acto dentro da moral e dos bons costumes exigidos.


Mesmo que estas declarações datem de 2010, nunca é tarde para mostra o quanto a moral e os bons costumes podem ser "irrevogáveis", escabrosos, antiquados, ou de forma mais coloquial simplesmente estúpidos.

You Might Also Like

3 comentários